Windows 8 (e 10) usando 100% do disco (solução)

Aviso importante!

Eu sei que você não quer ver propagandas, porém o conteúdo gratuito só está aqui graças a publicidade. Considere desativar o AdBlock para esse site.

Os relatos de pessoas sofrendo com problemas de lentidão no Windows 8 estão cada vez mais frequentes, e o grande causador de tudo isso é o sistema operacional que fica usando 100% da capacidade de leitura/gravação do disco rígido tornando a execução de qualquer outra tarefa um grande exercício de paciência.

Por outro lado, temos na web inúmeros tutoriais que ensinam a solucionar tal problema, e de maneiras bem distintas diga-se de passagem. Para tentar esclarecer um pouco mais sobre o assunto eu passei dois dias fazendo estudos e testes em uma máquina com Windows 8 a fim de poder trazer informações mais esclarecedoras acerca do assunto.

A partir de agora você vai conferir minhas conclusões sobre esse problema, entender um pouco mais sobre possíveis causadores e também algumas soluções que podem realmente surtir efeito. Porém, gostaria de deixar claro que o que você irá ler a seguir não é um tutorial passo a passo, mas sim o resultado de um estudo que visa esclarecer melhor a situação e indicar possíveis soluções.

Eu tenho esse problema?

O primeiro passo antes de começar a preocupar-se com esse assunto é identificar se você está realmente com esse problema em sua máquina, e isso é muito simples. Basta abrir o gerenciador de tarefas na guia DESEMPENHO e conferir se o uso do disco está em 100% ou algum outro valor alto mesmo sem nenhum aplicativo em execução.

uso disco windows 8

Apenas salientando que esse problema é exclusivo do sistema operacional Windows 8, ao menos por enquanto.

O que causa esse comportamento?

Na verdade não existe apenas um causador e dependendo da máquina ele pode ser diferente ou pode até mesmo ser um conjunto de situações que faz o sistema chegar a tal ponto. Justamente por isso não há uma única forma de solucionar esse bug, e a solução pode ser diferente para máquinas diferentes.

Vou citar agora alguns possíveis causadores para o problema:

  1. Windows Defender (serviço)
  2. Avast anti vírus (software de terceiros)
  3. Windows Update (serviço)
  4. Serviço de transferência inteligente de plano de fundo (serviço)
  5. Windows Search (serviço)
  6. Superfech (serviço)
  7. Desfragmentador de disco do Windows (tarefa agendada)
  8. Arquivo de paginação (configuração)
  9. Configurações avançadas de desempenho (configuração)
  10. Erros/problemas no disco rígido (problema físico ou lógico)

Esses foram os itens que eu identifiquei na máquina usada para fazer o estudo, mas isso não significa que não possam haver outros causadores em situações específicas.

Explicando melhor cada item

Windows Defender e Avast

Eu notei um grave conflito entre o Windows Defender e o serviço do Avast Free, esse conflito faz com que um dos serviços tente "matar" o outro, e por não obter sucesso comece a usar mais recursos da máquina.  Mesmo desativando o serviço do Defender o problema ainda dava sinais de persistir na máquina, e só foi notada uma melhora ao desativar o Windows Defender e ainda substituir o Avast pela versão gratuita do AVG.

Mesmo sem o Avast, o serviço do Defender consome recursos de forma exagerada no computador, por isso sugiro que o mesmo seja DESATIVADO em qualquer situação.

Outra situação que encontrei foi que as ferramentas "extras" que são instaladas por padrão junto com o Avast também são responsáveis por conflitos entre o software e o sistema operacional. O que eu indico é instalar apenas os módulos que serão usados e desabilitar TODAS as ferramentas adicionais que são oferecidas junto com o anti vírus, isso vai melhorar significativamente o desempenho da máquina de um modo geral.

Windows Update e Transferência inteligente de plano de fundo

Eu já falei sobre as atualizações automáticas do Windows nesse vídeo, e agora temos mais um motivo para mantê-las DESATIVADAS. Mesmo deixando o serviço no modo manual, ele continuava sendo inciado junto com o sistema e assim consumindo recursos, principalmente nos primeiros minutos de uso do computador.

E com as atualizações desativadas, o serviço de transferência inteligente de plano de fundo pode ser desativado também pois não fará sentido mantê-lo, uma vez que quem o usa é o serviço de atualizações do sistema. Obviamente que isso pode causar algumas pequenas mudanças no comportamento do Windows, e a desativação da Loja de Aplicativos é uma delas.

OBS.: eu tenho o update desativado desde 2010 e nunca tive problema algum relacionado à segurança do SO. Aliás, desde que desativei esse serviço não precisei mais formatar minha máquina por conta da lentidão ocasionada pelo tempo de uso do PC.

Windows Search

O Windows Search é responsável por indexar o conteúdo do PC para facilitar e agilizar o processo de busca por arquivos quando necessário. Esse recurso é dispensável na grande maioria dos casos e pode ser mantido em modo DESATIVADO pois não trará perdas para o usuário comum.

Só pra você entender, desativando esse serviço, o sistema não vai ficar catalogando todos os arquivos o tempo todo. A consequência é que ao fazer uma busca na máquina vai demorar alguns segundos a mais para que o resultado seja exibido, porém o ganho de desempenho é notório.

Outra possibilidade é desativar a indexação de arquivos diretamente nas propriedades do disco e manter o serviço ativo caso você precise dele para alguma finalidade específica.

Superfetch e Desfragmentador

O Superfetch é um sistema de cache que visa melhorar a velocidade de inicialização do sistema e de aplicativos, mantendo em memória os dados usados com mais frequência ou que o sistema considerar importantes. Só que isso tem um preço, pois para criar esse cache, o serviço fica lendo dados no HD o tempo todo, fazendo com que o uso de disco seja maior.

Esse processo deveria ser executado apenas quando a máquina estiver ociosa, mas nem sempre essa regra se aplica quando o serviço entra em ação. A relação entre a melhora que ele se propõe a fazer e o desempenho que ele consome da máquina não justifica mantê-lo em funcionamento, por isso, configure-o como DESATIVADO e seja feliz.

Já o desfragmentador do Windows nunca foi muito eficiente, mas no Windows 8 ele passou de todos os limites, pois além de não ser eficiente ainda prejudica muito a performance da máquina. Use um desfragmentador de terceiros uma vez por mês e desative a tarefa responsável por esse procedimento no sistema operacional.

Se você não sabe a importância de desfragmentar o disco, assista esse vídeo.

Arquivos de paginação

Se deixado em modo automático, por algum motivo o sistema não consegue gerenciar corretamente a memória virtual no Windows 8, portanto configure o arquivo de paginação de forma manual com valores fixos e uma parte desse problema é eliminado.

A indicação é usar o tamanho mínimo de 1024 MB e o máximo de 2048 MB. Há pessoas que indicam uma porcentagem de acordo com a quantidade de memória RAM instalada na máquina, mas eu sempre uso os valores citados anteriormente e nunca tive problema algum relacionado a isso.

Configurações de desempenho

Nas configurações avançadas de desempenho você poderá desativar uma série de efeitos totalmente desnecessários e que ninguém sente falta, mas que melhoram bastante o desempenho da máquina, eu particularmente sugiro que você deixe ativado o estritamente necessário para manter uma boa aparência sem perder desempenho:

  • Habilitar o Peek
  • Mostrar miniaturas em vez de ícones
  • Usar fontes de tela com cantos arredondados
  • Usar sombras subjacentes para rótulos de ícones na área de trabalho

Fora esses itens o resto é dispensável no meu ponto de vista.

Problemas no disco rígido

Quando o Windows 8 identifica um possível defeito no disco, ele começa a mover o conteúdo para outros setores do HD, mas há um bug nesse sistema de diagnóstico que pode fazer essa tarefa entrar em loop infinito e assim usar toda capacidade de leitura/gravação do disco movendo arquivos de um lado para outro.

Solucionar isso não é tão simples, mas na maioria das vezes um simples ScanDisk ainda é capaz de resolver (botão direito no disco > Propriedades > Ferramentas > Verificar agora - marque as duas opções e execute/agende).

Adicionalmente podem haver arquivos corrompidos do sistema operacional, nesses casos há soluções específicas que devem ser pesquisadas de acordo com os erros apresentados.

Uma coisa que você pode fazer para verificar problemas em atualizações possivelmente corrompidas é executar esses comandos no prompt (em modo administrador):

  • Dism /Online /Cleanup-Image /ScanHealth
  • Dism /Online /Cleanup-Image /RestoreHealth

Leva em torno de 30 minutos para executar cada comando na maioria dos casos e é preciso estar conectado à internet, faça isso quando tiver esse tempo livre.

Isso resolve?

Eu apliquei esse conjunto de melhorias/configurações em algumas máquinas e tive êxito, mas isso pode não ser uma regra pois como você deve ter percebido podem haver particularidades em cada computador.

Por hora vou manter minhas teorias sobre o assunto e se tiver novidades irei atualizar esse post.

Espero ter ajudado com essas informações...

Sobre o autor

Ricardo Bernardi

Sou técnico em hardware e desenvolvedor web, e sobre estes dois assuntos comecei a compartilhar aulas e artigos, tornando-me blogueiro em 2008. Em 2010 esse hobby virou profissão, e desde então tenho buscado melhorar e profissionalizar cada vez mais os projetos que mantenho na web.

Comentários

Atualmente temos 19 comentários para este post. Participe você também, clique aqui e comente sobre o assunto.

  • Pedro comentou em

    Aconteceu comigo com um LG N460 i5 com 8Gb, HD Seagate 500Gb 5400rpm. Qualquer sistema instalado (Win8, 8.1, 10 single, 10 PRO) a máquina travava nos 100% de uso de disco, após algumas reinicializações. Fiz tudo que li em dezenas de "receitas". A única solução foi mudar a configuração da BIOS em 2 locais: ADVANCED/HDC configure as/IDE e BOOT/Boot Type/Legacy boot type. Todos os problemas acabaram, a principal mudança, foi que na instalação do Win10, TODOS os drives foram instalados automaticamente. Uma observação, não me lembro se de fábrica o note via em modo AHCI ou IDE.

    Responder
    • Vania comentou em

      Estou tentando resolver este problema e atualizei o win 8 para o win10. Nao resolveu. Qdo desativo no win defender a opção de verificação em tempo real , simplesmente despenca para quase 0% de utilização. Só que depois o windows volta a ativalo.
      Sou leiga no assunto, mas consigo fazer essa sua intervenção ou mo meu caso seria outra coisa?

      Responder
  • Lucas Maia comentou em

    Olá, Ricardo.
    Excelente matéria.

    Tenho o Windows 8.1 no meu Vostro 5480 (i7 - 5ª geração, 8Gb RAM, 500Gb HD) e passo por problemas bem semelhantes ao relatado por você. Você acredita que se eu instalar o Windows 10 esses problemas vão melhorar ou ser solucionados? Além de apresentar, algumas vezes, uso de 100% no Disco, percebo que há uma instabilidade no tempo de inicialização da máquina (variando entre 20 a 30 segundos).
    Caso eu coloque um SSD o problema pode ser amenizado mesmo ainda com Widows 8.1?

    Obrigado!

    Responder
      • Luiz Carlos comentou em

        Meu Vostro era 8.1 e este problema veio ja da caixa...tentei tentei e nao resolveu. Mudei pro10 e pesnei que nao teria mais...até hoje o problema persiste e ja fiz todas as intervenções desta lista. Vou tentar novamente, revisar e, se nao resolver, levarpara diagnostico de probelmas fisicos do HD.
        Mas WIN 10 da esse problema sim, e de montes...

        Responder
    • Isaias Santana comentou em

      O Windows 10 possui o mesmo BUG. Encontrei além dos items acima um serviço de Search do Yahoo entre os serviços e instantaneamente o meu HD parou de ficar em 100%.

      Responder
  • Vitoria comentou em

    Bom dia!
    Primeiramente Parabéns pelo artigo, Ricardo, foi o melhor , mais sério e mais completo que encontrei.

    Ainda não consegui resolver o problema porque o computador nem inicializa mais! Nao sei o que faço! Me ajudem! So consigo utilizar o gerenciador de tarefas!

    Se eu tivesse olhado esse tutorial antes de reiniciar o pc, eu teria desinstalado o avast com o revo e o problema já estaria resolvido! :(

    Responder
  • Felipe comentou em

    Boa noite.
    Tenho instalado no meu pc o windows 8.1 e fiz o último passo relatado no artigo e apareceu o erro 0x800f081f. Alguém pode me ajudar? Há dias que o uso do disco chega em 100%.

    Microsoft Windows [versão 6.3.9600]
    (c) 2013 Microsoft Corporation. Todos os direitos reservados.

    C:\Windows\system32>Dism /Online /Cleanup-Image /ScanHealth

    Ferramenta de Gerenciamento e Manutenção de Imagens de Implantação
    Versão: 6.3.9600.17031

    Versão da Imagem: 6.3.9600.17031

    [==========================100.0%==========================]
    O repositório de componentes é reparável.
    A operação foi concluída com êxito.

    Microsoft Windows [versão 6.3.9600]
    (c) 2013 Microsoft Corporation. Todos os direitos reservados.

    C:\Windows\system32>Dism /Online /Cleanup-Image /RestoreHealth

    Ferramenta de Gerenciamento e Manutenção de Imagens de Implantação
    Versão: 6.3.9600.17031

    Versão da Imagem: 6.3.9600.17031

    [==========================100.0%==========================]
    Falha na operação de restauração. A fonte do reparo não foi encontrada ou o repo
    sitório de componentes não pode ser reparado.

    Erro: 0x800f081f

    Falha do DISM. Nenhuma operação foi executada.
    Para obter mais informações, consulte o arquivo de log.

    O arquivo de log do DISM pode ser localizado em C:\Windows\Logs\DISM\dism.log

    Obrigado.

    Responder
  • Marcos comentou em

    Estou com esse problema há dias, tenho que reiniciar o computador mais de 10 vezes por dia, só por isso já vejo motivo para processar a Microsoft, por fazer um software tão ruim, o pior é que ainda paguei por esta porcaria, é um serviço tão porco que é indigno de qualquer empresa, mas infelizmente quando se trata de Microsoft isso é uma coisa rotineira. Bem, identifiquei o AVG com um possível causador da pane (fora a falha do windows que permite isso), apesar de desistalar este anti-virrus, pasmem, ele continua fazendo das suas numa pasta C:\programdata, é inacreditável que depois de desistalato totalmente ele continue operando e causando panes no computador. Aconselho as pessoas ao ligarem o micro não entrar automaticamente na internet, deixem o modem DESLIGADO, até fazer as correções devidas, ao estar com a internet ligada este programa já se ativa sozinho e faz a lambança.

    Responder
  • davisr comentou em

    Boa tarde pessoal estou usando aqui Windows 8.1 antiviros eu uso AVG o AVAST da problema no W8.1 tela preta.

    Responder
  • Marcos comentou em

    Aqui estou usando a Preview do windows 10, e tive esse problema também!!! Era o maldito windows defender. Tinha um maldito processo desse programa arrebentando o hd, e até o processador!!! Só resolvi instalando um antivírus, que automaticamente o desativou. Não costumo usar antivírus, infelizmente fui obrigado!!!!

    Responder
    • Olá Marcos, você não precisa instalar outro Antivírus para desativar o Windows Defender.

      Basta abrir o Windows Defender, clicar em "Ferramentas" > "Opções" > "Administrador" e desabilitar a opção "Usar este programa".

      Abraço e boa sorte!

      Responder
  • Bruno comentou em

    Achei bem legal o artigo; o que estava deixando lento meu computador era o antivírus Avast, é excelente, porém de alguma forma ele utiliza 100% do HD, mesmo com o Windows Defender desativado, pode ser um conflito como citado no artigo. Mesmo assim estou seguindo algumas dicas deste artigo. O que pretendo fazer é comprar um SSD e baixar a última versão do avast.

    Responder
  • Rafael santos de lima comentou em

    eu ainda não passei para o Windows 8, devido a sua lentidão, mais com essas dicas, meu problema foi resolvido.

    Responder
    • claudio comentou em

      Ainda estou com Windows 7 Ultimate, mas instalei o Windows 8.1 para testar e não tive este problema. Tenho 2 SSDs em RAID-0, desabilitei os serviços Windows Search, Superfetch e desmarquei a indexação de arquivos no drive C, somente isso foi o suficiente para acabar com este uso absurdo de acesso a disco.

      Responder
  • Davi Warhead comentou em

    Assim como no vídeo, que explica muito bem sobre os motivos para desativar o Windows Update, venho aqui para indicar o uso de Linux como alternativa.
    Antes que comecem os contra-ataques, quero deixar claro que estou indicando uma alternativa e não impondo um ponto de vista.
    Quem usa Linux no dia-a-dia, sabe que está livre de todos os itens indicados no texto do Ricardo Bernardi como causas de perda de desempenho do S.O.
    Portanto, vale tentar uma experiência com Linux.

    Responder

Deixe seu comentário