Windows 8: primeiras impressões de um técnico

Aviso importante!

Eu sei que você não quer ver propagandas, porém o conteúdo gratuito só está aqui graças a publicidade. Considere desativar o AdBlock para esse site.

Olá a todos, é com muita satisfação que venho através deste post compartilhar com todos os técnicos em hardware minha primeira experiência com o Windows 8 em computador de cliente.

Não vou fazer um review sobre o sistema, somente vou relatar como foi a configuração do primeiro computador de cliente que eu peguei com o Windows 8 pré-instalado de fábrica. O computador em questão é da marca Positivo, equipado com um processador Intel Celeron de 2.4 GHz com suporte a 64 bits, 2GB de memória RAM DDR3 e HD de 320 GB.

A primeira vista uma configuração bem modesta, o que inicialmente me deixou intrigado em relação ao desempenho, mas essa dúvida logo foi dissipada, pois a velocidade do sistema ficou muito boa e a experiência de uso absolutamente normal.

Configuração do sistema

A configuração do SO levou um pouco mais de tempo até eu me acostumar aos novos meios de navegação no sistema, uma vez que toda interface apresenta mudanças em relação ao Windows que estamos acostumados a ver e usar. Mas nada que alguns minutos de "ambientação" não resolvam.

Com alguns atalhos de teclado e alguns clique de mouse é possível chegar facilmente à qualquer parte do sistema, acessando arquivos, configurações e tudo mais que for preciso.

Instalação de aplicativos

Todos os programas que eu costumo instalar no Windows 7 funcionaram perfeitamento na nova versão do SO, porém com uma incrível diferença na velocidade de instalação: todos os softwares foram instalados em praticamente metade do tempo normal que eu estou acostumado, ponto positivo.

Outro grande avanço é que agora se um software que estiver sendo instalado necessidar de uma versão do .Net diferente da que está instalada no sistema, o próprio Windows se encarrega de identificar e instalar todas as dependências automaticamente, uma verdadeira mão na roda.

Não percebi nenhum problema de compatibilidade, e tudo funcionou como o esperado, assim como era na versão anterior (inclusive softwares que se integram ao explorer funcionaram perfeitamente). Outra grande vantagem foi que mesmo após instalar todos os programas não se percebe uma redução de desempenho como normalmente acontece devido à carga aplicada ao sistema, tudo continuou como era antes.

Interface do sistema

A alteração mais gritante e difícil de acostumar é a ausência do menu iniciar, que nos acompanhou fielmente por vários anos e agora simplesmente não existe mais. Tirando este detalhe, vários recursos interessantes estão disponíveis, e com certeza irão agradar praticamente todos os novos usuários.

Alguns atalhos que podem ser úteis para agilizar o trabalho e navegação no sistema são os seguintes:

  • Win + Q = pesquisar aplicativos
  • Win + W = pesquisar configurações
  • Win + F = pesquisar arquivos
  • Win + X = menu de acesso rápido
  • Win + C = barra lateral direita (charms)
  • Win + I = barra de configurações e opções de desligamento

Conclusão

Ao meu ver é um sistema que logo terá grande aceitação, tanto de técnicos quanto de usuários, pois é um sistema versátil e moderno. Quem tiver um monitor com suporte a toques vai se dar muito bem com o novo sistema e terá uma agilidade muito grande durante o uso.

Não indico a migração principalmente para quem é um pouco resistente à mudanças, pois com certeza irá estranhar muito a nova interface. No mais, bom uso à todos e tirem suas próprias conclusões.

Sobre o autor

Ricardo Bernardi

Sou técnico em hardware e desenvolvedor web, e sobre estes dois assuntos comecei a compartilhar aulas e artigos, tornando-me blogueiro em 2008. Em 2010 esse hobby virou profissão, e desde então tenho buscado melhorar e profissionalizar cada vez mais os projetos que mantenho na web.

Comentários

Atualmente temos 15 comentários para este post. Participe você também, clique aqui e comente sobre o assunto.

  • allangazon comentou em

    Ricardo parabens pelo site suas videos aulas são sempre ótimas.

    Ricardo você conhece algum site para baixar windows 8 pro sem modificações para poder testar ?

    Responder
  • Marcelo Medeiro dos Santos comentou em

    Ricardo, gosto muito dos seus vídeos e explicações me ajudam muito. Em relação a partição tenho uma dúvida, pode parecer um pouco ridículo perguntar isso, mas preciso obter conhecimento para me aprimorar e prestar um bom serviço e atendimento. Para efetuar a separação da partição conforme a pergunta acima, é preciso fazer a formatação novamente (retornar do zero) ou existe outra forma para criar outra partição no caso a D: sem formatar?

    Abraços

    Responder
      • Marcelo Medeiro dos Santos comentou em

        Ricardo, achei o vídeo e valeu mesmo, você é um cara humilde, fala com simplicidade e passa a informação conforme a necessidade que precisamos. Tenho que desejar sucesso, pois merece...Abraços

        Responder
  • Sergio comentou em

    Ola Ricardo, parabens pelo site e pelo post.
    Eu recentemente adquiri um ultrabook com o win8, minha principal preocupaçao foi por conta dele ser algo novo e estar sujeito a falhas e erros, justamente para serem testados pelos novos usuarios e aperfeiçoados pela microsoft.
    Minha duvidaeh quanto a partiçao do hd. Tudo nele eh armazenado e instalado na partiçao C: pos a D: nao foi criada na instalaçao. Seria um novo metodo de uso para o ultrabook, ou para o novato win8?? Ou vc me aconselharia dividir as partiçoes em C: e D: ??
    Nao exite em responder pos, tenho um pouco de conhecimento do q quero fazer e ponho minha conta em risco ;)

    Valew abraço!

    Responder
  • Felipe Oliveira comentou em

    Parabéns pelo post Ricardo. Só gostaria que você esclarecesse o ponto que você falou sobre o .NET. Se a instalação que ele mesmo se responsabiliza é baixada (fazendo o download no momento) ou se é algo já do sistema mesmo, como um pacote que já fica no Win 8 e quando necessário ele instala? Valeu!

    Responder
  • Adilson Rumão comentou em

    Olá a todos, minha primeira impressão com o Win8 em fase Beta não foi boa. Não gostei dele quando instalei em uma Máquina Virtual.

    Pelo que andei vendo na Net existe a possibilidade de habilitar o menu Iniciar como conhecemos hoje. É só dar uma pesquisada que encontra algo.

    Vou pegar uma máquina aqui na empresa, instalar do zero novamente e testar de fato. Afinal logo nossos clientes estão com ele em seus PCs e Notes.

    Parabéns pela matéria.

    Responder
    • Quando eu instalei em máquina virtual também não tive uma boa experiência, mas agora pude ter uma real idéia sobre o sistema. Com isso cheguei a conclusão de que máquina virtual somente serve para testar funcionalidades, desempenho nunca será parecido com o real.

      Responder
  • Thiago comentou em

    Ainda não tive um contato com o windows 8, só na versão beta mesmo assim coisa rápida mesmo. pelo visto não é o que muitos falam.

    Responder
  • walison comentou em

    Muito top o post ja estava desanimado aqui, pois não saìa noticias do windows 8 e achei que enquanto eu estava desatualizado, muitos usuários ja estavam se familiarizando com ele kkkkkkk mais gostei do topico ja estou interesado em instalar aqui no meu HP kkkkkk vlw pela noticia, vai ajudar muita gente que está querendo saber sobre o novo SO detalhado na questão de desempenho como o seu vlw mesmo.

    Responder
  • André comentou em

    Olá,
    Ricardo épor meio deste que ao ler seu post fiquei com uma dúvida na sua conclusão por exemplo "Não indico a migração principalmente para quem é um pouco resistente à mudanças, pois com certeza irá estranhar muito a nova interface.".

    Que tipo de migração você se refere: uma aplicação, Uma Game, Uma base de dados o que por exemplo?.

    Grato,

    André Lima

    Responder

Deixe seu comentário