Sistema de 32 ou 64 bits, qual devo escolher?

Aviso importante!

Eu sei que você não quer ver propagandas, porém o conteúdo gratuito só está aqui graças a publicidade. Considere desativar o AdBlock para esse site.

Essa pergunta é feita com muita frequência, não só por usuários, mas também por alguns técnicos em hardware iniciantes. Isso porque essa possibilidade de escolha do sistema operacional não está no mercado há muito tempo. Na verdade essa opção surgiu com os computadores equipados com mais de 3 GB de memória RAM, foi partir de então que começamos a ver sistemas de 32 e 64 bits com maior frequência.

Basicamente a escolha deve ser tomada com base na quantidade de memória RAM do computador, uma vez que sistemas de 32 bits conseguem gerenciar até 3,2 GB de memória (o excedente é ignorado pelo sistema), enquanto sistemas de 64 bits podem gerenciar até 192 GB. Mas não é só isso, pois o processador deve ter suporte a tecnologia de 64 bits, caso contrário não há possibilidade de instalar um sistema com essa arquitetura.

O que isso significa na prática

Começando:  bit (Binary digiT) é a menor unidade de informação que pode ser transmitida. Ou seja, é através dessa unidade que o processador do seu computador "entende" as informações, assim sendo, quanto mais bits mais informações ele pode processar ao mesmo tempo.

Ah, então um processador de 64 bits é 100% mais rápido que um de 32?

Sim e não, isso vai depender de outros fatores, como o sistema operacional por exemplo. Para que o máximo desempenho seja obtido, é preciso que todo conjunto esteja em harmonia, ou seja, o processador tem que ser de 64 bits, o SO da mesma forma e os aplicativos instalados também.

Lógico que o simples fato de ter mais que 3,2 GB de RAM já irá aumentar o desempenho da máquina, mas sempre é possível melhorar observando pequenos detalhes como os citados acima. Uma boa notícia é que os principais programas atualmente oferecem versões para 64 bits. Muitos são destinados à computação gráfica, edição de áudio e vídeo.

Vantagens do 64 bits

  • Maior desempenho desde que sua máquina ofereça o devido suporte.
  • Possibilidade de usar quantidades maiores de memória RAM na máquina.
  • Permite rodar aplicativos tanto para 32 quanto para 64 bits sem problemas (de um modo geral).
  • Possibilidade de usar recursos avançados de segurança para algumas versões do Windows (criptografia por exemplo).

Conclusão

Se você tem um máquina com 4GB ou mais de memória ou tem um processador que suporte a teconologia de 64 bits, essa é a melhor escolha. Caso contrário, só resta mesmo a opção de 32 bits para sua máquina.

Sobre o autor

Ricardo Bernardi

Sou técnico em hardware e desenvolvedor web, e sobre estes dois assuntos comecei a compartilhar aulas e artigos, tornando-me blogueiro em 2008. Em 2010 esse hobby virou profissão, e desde então tenho buscado melhorar e profissionalizar cada vez mais os projetos que mantenho na web.

Comentários

Atualmente temos 10 comentários para este post. Participe você também, clique aqui e comente sobre o assunto.

  • renato comentou em

    Estou um pouco inseguro para instalar o ubunto de 32 bits, proposto aqui. O meu hd já está particionado numa máquina pentium 4 de 2 gibyts de memória RAM. Será Ricardo que eu posso instalar sobre o Zorin OS, sem desinstalá-lo, primeiro? Eu não sou técnico, apenas um professor de matemática, adepto do sistema linux por causa dos editores de texto; LaTex(Kile, texmaker, texnicenter, etc.) O motivo de eu querer sobrepô-lo, é porque este, me trata como CONVIDADO e sendo assim, eu não posso fazer nada, baixar outros aplicativos, pacotes, etc; fico amarrado, Ricardo. Aguardo sua resposta. Abraços.

    Responder
  • Fábio comentou em

    Gostei do tópico, mas fiquei numa dúvida, meu processador é 64bit mas eu não tenho tudo de ram conforme mencionado no texto,tenho 2 gb de ram, pretendo aumentar a ram futuramente a memoria, então, afinal, no momento qual Ubuntu devo baixar 32 ou 64 bit?Grato.

    Responder
  • Mayquel comentou em

    Ricardo só uma dúvida:
    É possível dar um up em minha máquinha para que ela tenha capacidade de 64 bits?
    se for o caso, qual seria o processo?

    Responder
  • Adilson Rumão comentou em

    Aqui na empresa usamos 32Bits ainda, mas vamos começar a migrar para 64Bits.

    Uma pergunta que não achoq ue nãos e enquada aqui seria:
    Após formatar o micro e instalar os Softwares necessários para o cliente, o que você ou o pessoal anda fazendo para economizar tempo da próxima vez que o micro voltar e precisar ser formatado?

    Antigamente com o Win98 e ME (eca) WinXP usáva-mos o ghost para fazer uma imagem e voltar ele se for preicso formatar.
    Claro isso para partições Fat, pois se fosse NTFS não daria pois o ghost que rodava no DOS não era suportado.

    Responder
  • Jefferson Melo comentou em

    Nossa, tirou um peso e tanto da minha cabeça agora. Rs. A tempos que venho realmente tentando entender realmente qual a diferença entre os dois. Você, com um simples texto, me fez entender o que todos os outros nunca conseguiram. Parabéns Ricardo. E muito obrigado por manter sempre no ar e sempre atualizado, um site que vemos poucos destes por aí. Mais uma vez, parabéns, e muito sucesso cara. Abraço.

    Responder

Deixe seu comentário