Quanto cobrar: hora técnica

Aviso importante!

Eu sei que você não quer ver propagandas, porém o conteúdo gratuito só está aqui graças a publicidade. Considere desativar o AdBlock para esse site.

Seja bem vindo a mais um post da série de artigos chamada "Quanto cobrar", que como o próprio nome sugere traz dicas de quanto cobrar pelos serviços mais comuns na área de manutenção de computadores. Cada artigo da série irá abordar um assunto específico e além das dicas pode conter alguns cálculos simples para incentivar os técnicos em sua rotina diária de trabalho.

Lembre-se que formar o preço de venda de um produto ou serviço é uma tarefa complicada, e vários fatores podem influenciar no resultado final, tais como região do país, qualificação do técnico, fidelidade do cliente, custos do técnico entre outros. Vou levar em consideração a região onde eu moro atualmente (sul do país) para a composição dos artigos, se necessário adapte-os para sua realidade.

No artigo de hoje vou ensinar como fazer o cálculo do valor de uma hora de seu trabalho, para que você possa usar o cálculo como base para saber quanto cobrar por outros serviços avulsos. Na verdade este cálculo já deveria ter sido feito anteriormente, para saber por exemplo quanto cobrar por atendimentos à domicilio, mas como diz o bom e velho ditado: antes tarde do que nunca.

Como calcular o valor de sua hora técnica

Para calcular quanto vale uma hora de seu trabalho, primeiramente temos que definir outros fatores que influenciam diretamente no resultado final: quanto você quer ganhar por mês, quantos dias você vai trabalhar para isso e quantas horas por dia serão trabalhadas.

O bom é que essa fórmula serve tanto para calcular o valor para quem trabalha em tempo integral como técnico, tanto para quem somente presta serviços como freelancer. No meu exemplo vou usar um profissional que trabalha em tempo integral prestando assistência.

Vamos imaginar um profissional que decidiu ganhar R$ 3.000,00 mensais como técnico em hardware. Este profissional irá dedicar 6 horas diárias durante 20 dias do mês. Com estas 3 informações já podemos calcular o valor da hora do profissional, a fórmula é a seguinte:

<salario_desejado> / <dias_trabalhados> / <horas_trabalhadas> = <valor_hora> (a barra significa divisão)

Colocando os valores no lugar dos campos da nossa fórmula o cenário fica assim:

3.000 / 20 / 6 = 25,00

Agora é que vem o detalhe mais importante: todos nós sabemos que não é possível ter trabalho 100% do tempo, portanto essa quebra deve ser considerada na hora do cálculo, caso contrário você não irá alcançar o montante desejado de faturamento mensal. Digamos que o profissional em questão trabalha em média 14 dias dos 20 dedicados à função, ou seja, 70% do tempo é realmente trabalhado.

Como neste caso temos uma quebra de 30%, o valor da nossa hora deve ser acrescido neste percentual:

<valor_hora> + <porcentagem_quebra> = <valor_hora_final>

Agora com os números ficaria assim:

25,00 + 30% = 32,50 - vamos arredondar isso para 35,00

Agora é só adaptar os valores e percentuais para sua realidade e o resto não tem segredo. Indiferente se você vai trabalhar como técnico em tempo integral ou não, o cálculo é exatamente o mesmo.

Mais posts desta série

Este post faz parte de uma série, confira tudo que já foi publicado sobre o mesmo assunto.

Sobre o autor

Ricardo Bernardi

Sou técnico em hardware e desenvolvedor web, e sobre estes dois assuntos comecei a compartilhar aulas e artigos, tornando-me blogueiro em 2008. Em 2010 esse hobby virou profissão, e desde então tenho buscado melhorar e profissionalizar cada vez mais os projetos que mantenho na web.

Comentários

Atualmente temos 20 comentários para este post. Participe você também, clique aqui e comente sobre o assunto.

  • duilio comentou em

    Boa tarde Ricardo,

    Gostaria de saber se no caso de instalação de servidores (tanto linux ou windows) voce também considera o valor hora?

    Obrigado

    Responder
  • Gabriel comentou em

    Eu acho uma fórmula muito boa. Naturalmente há coisas a considerar (mercado, material, etc.) mas é uma ótima base. Eu já utilizava.

    Uma vez definido o valor/hora facilita muito empregar um aplicativo de time tracking (ou "rastreamento de tempo" ou "controle de tempo"). Facilita muito na hora de calcular ganhos, criar relatórios e até emitir faturas. Eu uso e recomendo o primaERP para isso: https://www.primaerp.com

    Fazer esse controle de horas ajuda mesmo quando não se está cobrando por tempo. Ajuda a fazer uma comparação sobre valores pretendidos e valores ganhos e ajustar os preços.

    Responder
  • leandro comentou em

    e pra quem ta começando agora nessa área deve se cobrar barato pelo serviço e também por hora técnica ?você teria um artigo sobre esse assunto?

    Responder
  • Oi nunca postei aqui mas e um assunto interessante e bem controverso, mas cada região do nosso país e diferente em preços e custos de cada um...Eu não pago aluguel já tem esse custo a menos... mas faço assim. Formatação R$ 100,00 s/ bk com bk R$ 120,00 e se for empresa R$ 140,00 hora técnica balcão R$ 35,00 para coisas tipo( tirar uma senha, colocar um programa, fazer limpeza, remover vírus ou wga e assim por diante... 1 hora a 2 horas - Cliente pessoa física, próximo de mim deslocamento a pé R$ 45,00 hora até 3 horas se for passar disso recolho para laboratório - pessoa física com deslocamento de carro R$ R$ 50,00 visita mas R$ 35,00 hora sendo a primeira hora R$ 85,00 - Roteamento R$ 70,00 (se for para colocar computadores em rede cobro R$ 30,00 o ponto), taxa de retirada fora da minha região R$ 35,00 - cliente pessoa jurídica - Visita R$ 50,00 hora R$ 45,00 - ponto de rede R$ 40,00 - contrato R$ 50,00 serviços + R$ 70,00 cada computador até 7 maquinas + R$ 100,00 por servidor (incluindo rede e equipamentos - impressora e monitor a terceirizados)- muitas da empresas que eu trabalho mesmo sendo um pouco longe eu não cobro taxa de retirada de equipamento ou cobro R$ 20,00 quando e muito longe, pois são clientes mais fieis.

    Responder
  • Olá. Adorei o blog, muito bem feito e você se mostra ser um grande profissional. Estou me espelhando em algumas coisas suas, rs.

    Sou do Ce, na cidade de Fortaleza. Porém, moro em Canindé. Também sou técnico de informática e faço faculdade de Redes de Computadores, sou novo ainda na área. Atendo serviços em Canindé, Caridade e Fortaleza.

    Tenho uma dúvida: qual a diferença entre o valor do atendimento em domicílio e da hora técnica?

    Obs: Meu site ainda tá com construção.

    Abraço e parabéns pelo trabalho.

    Responder
      • O que eu ainda não entendi é o preço.
        Enquanto que na hora técnica é mais barata que o atendimento em domicílio. A hora técnica também pode em ser em domicílio , não ?

        Responder
        • O que você não está entendendo é que você vai gastar gasolina, perder tempo no trânsito, oferecer um conforto extra para seu cliente, e isso tem um preço. Se teu custo aumenta, você obrigatoriamente deve cobrar mais pelo serviço, simples assim.

          Responder
  • Edson Salgado comentou em

    Boa gostei da formula.
    Agora uma observação, o calculo é valido partindo da situação que voce terá serviço durante os 20 dias do mês ou conforme voce montar suas horas e dias de trabalho, pois sabendo que quem trabalha por conta propria e dependendo de região pode ter dias que não consiga atingir a meta e não chegar a esse valor
    Mas a formula é muito boa sim sem contar com contratos fechados

    Responder
  • Anibal comentou em

    Não é tão simples assim, se por exemplo o cliente perdeu a senha do windows não pode cobrar pelo tempo que demorar. Já que, por exemplo, para o primeiro cliente que chegar com o windows 8 vou demorar até dias tentando descobrir um jeito de burlar a proteção. No segundo cliente vou demorar minutos porque já aprendi o jeito. É impossível saber tudo e sempre chega um cliente pedindo uma coisa diferente. Se for o custo por hora, no caso do exemplo, ao primeiro cliente cobraria um absurdo de caro e ao segundo quase nada. O preço debe ser de acordo a uma tabela de serviços predefinido, exemplo, tirar a senha R$ 50,00 independente do tempo que demorar e não dependendo da falta de sabedoria do técnico. Eu não levaria o computador para alguém que me fala "não sei quanto vou cobrar porque não sei quanto vou demorar".

    Responder
    • Existem os serviços tabelados e os serviços por hora. Tabelados são os serviços que são executados com frequência maior, enquanto tabelados são aqueles que são solicitados com um grande intervalo.

      Nota: a falta de conhecimento sobre determinado assunto não pode ser pretexto para cobrar o valor do tempo que você usou para aprender aquele assunto (meu ponto de vista)

      Responder
  • Fabricio comentou em

    Quanto cobrar por computador em um contrato mensal com empresa, sendo que tem apenas 5 computadores para manutencoes ??

    Responder
  • Renato comentou em

    Olá, bom dia!

    Aproveitando a pergunta "quanto cobrar?" Qual é o preço justo a ser cobrado quando um cliente leva o computador até voce e pede para voce recuperar a senha para entrar no sistema? No meu caso o cliente usa Windows 8. O cliente não lembra de jeito nenhum a senha para entrar no sistema.
    Desde já muito obrigado.

    Obs: Sou do DF e os demais serviços apresentados no site tem valores parecidos com os cobrados aqui.

    Responder

Deixe seu comentário