Quanto cobrar: diagnóstico de defeito

Aviso importante!

Eu sei que você não quer ver propagandas, porém o conteúdo gratuito só está aqui graças a publicidade. Considere desativar o AdBlock para esse site.

Seja bem vindo a mais um post da série de artigos chamada "Quanto cobrar", que como o próprio nome sugere traz dicas de quanto cobrar pelos serviços mais comuns na área de manutenção de computadores. Cada artigo da série irá abordar um assunto específico e além das dicas pode conter alguns cálculos simples para incentivar os técnicos em sua rotina diária de trabalho.

Lembre-se que formar o preço de venda de um produto ou serviço é uma tarefa complicada, e vários fatores podem influenciar no resultado final, tais como região do país, qualificação do técnico, fidelidade do cliente, custos do técnico entre outros. Vou levar em consideração a região onde eu moro atualmente (sul do país) para a composição dos artigos, se necessário adapte-os para sua realidade.

Hoje vamos abordar um assunto muito corriqueiro na vida dos técnicos, o famoso diagnóstico de defeito. Com certeza esse é um dos momentos mais pavorosos da vida de um técnico, pois é quando o cliente traz um computador ou notebook com defeito e precisamos descobrir o real causador do problema e dar uma solução adequada para o mesmo.

O maior erro que qualquer técnico pode cometer é fazer diagnóstico gratuito. Em informática isso não existe, pois qualquer teste que você irá fazer no aparelho está roubando tempo de outra tarefa, e como tempo é dinheiro... cobrar diagnóstico é obrigação!

Porque cobrar o diganóstico

Com um exemplo que acontece muito, vou explicar rapidamente uma situação: imagine que o computador de um cliente não está ligando mais, e ele tem um "sobrinho" que está fazendo um "cursinho" de hardaware. O tal sobrinho não tem conhecimento suficiente para identificar um defeito, logo, o cliente irá procurar um técnico qualificado para essa tarefa.

O técnico faz o diagnóstico: é memória com defeito. Então o cliente pega o computador, diz um "obrigado" e vai embora, pois o "sobrinho" sabe trocar um pente de memória, e como o diagnóstico saiu de graça, a troca da memória vai sair gratuitamente também, pois vai ser feita por um parente.

Quanto cobrar por um diagnóstico

Aqui temos duas situações bem distintas, uma delas para computadores (PC) e outra para notebooks, sendo que o valor também deve ser diferente. Imagine a diferença entre desmontar um PC e um notebook, o valor não pode ser igual para essas duas tarefas.

Eu cobro R$ 50,00 para diagnosticar um PC e R$ 100,00 para um notebook ou netbook. Esse valor deve ser cobrado somente se o cliente não quiser fazer o reparo com você, caso contrário somente o valor do reparo é cobrado.

Particularidades dos notebooks

Desmontar um notebook para achar um componente defeituoso é uma tarefa que exige muita paciência e tempo disponível. Sem contar que muitas vezes, mesmo abrindo o aparelho não conseguimos achar nenhum defeito aparente, tornando a tarefa mais difícil ainda.

Por estes e outros motivos, eu adotei a seguinte técnica para notebooks e netbooks: quando o cliente traz um note com defeito eu deixo bem claro que mesmo que o defeito não seja encontrado (ou não seja viável a solução) será cobrado um valor de R$ 50,00. Assim o cliente pensa melhor se irá valer a pena e você não trabalha de graça para um mal informado.

Imagine um notebook com 5 anos de uso com a placa mãe queimada, não vale a pena (financeiramente falando) trocar, é muito mais vantajoso adquirir um aparelho novo. Mas se você abrir para diagnosticar, o cliente terá que pagar o valor do serviço de identificação do defeito de qualquer forma.

Vantagens de cobrar por diagnóstico

  • Você não perde tempo com clientes exploradores;
  • Valorização do trabalho do técnico/empresa;
  • Aumenta a renda no final do mês;
  • Os clientes passam a confiar mais no serviço do técnico/empresa;

E você, quanto cobra por diagnóstico de computadores e notebooks? Tem alguma dica para compartilhar conosco? Então participe e deixe seu comentário.

Mais posts desta série

Este post faz parte de uma série, confira tudo que já foi publicado sobre o mesmo assunto.

Sobre o autor

Ricardo Bernardi

Sou técnico em hardware e desenvolvedor web, e sobre estes dois assuntos comecei a compartilhar aulas e artigos, tornando-me blogueiro em 2008. Em 2010 esse hobby virou profissão, e desde então tenho buscado melhorar e profissionalizar cada vez mais os projetos que mantenho na web.

Comentários

Atualmente temos 19 comentários para este post. Participe você também, clique aqui e comente sobre o assunto.

  • Marcelo comentou em

    Muito bom esse site isso prova o quanto nos profissionais na area tecnica de informatica nao podemos deixar de nos valorizar pois muitos azem um curso de 3 meses e sai por ai formatando de 25 reais abrundo maquina limpando no asopro com a boca e se diz feito limpeza nos temos que cob esse sim afinal um equipamento quebrado e prejuizo pra um logista uma emoresa e ai deles se nos nao existisse

    Responder
  • pctech comentou em

    Acho válido cobrar por diagnósticos, principalmente por causa dos "espertinhos" de plantão. Aqui na minha cidade, cansei de fazer diagnósticos de graça. Depois de tanto prejuizo e tempo perdido, resolvi criar uma cartilha com todos os termos de contratação de serviços/ordem de serviço, e deixo bem explicito na mesma, logo no primeiro termo, os valores cobrados por diagnósticos. Parabéns pelo site, o melhor site do genero que encontri até hj!

    Responder
    • Diogo comentou em

      olah parabens, queria saber se tem como vc me enviar uma copia digital da cartilha com todos os termos de contratação de serviços/ordem de serviço que vc criou pois estou avaliando se coloco em pratica ou não!

      Responder
  • Ricardo comentou em

    Amigo, poderia me ajudar me orientando quanto cobrar num caso, onde o cliente te chama pq está sem internet, vc vai até ele e verifica que o disjuntor que liga o switch está desligado, ele mesmo liga o disjuntor e td volta ao normal. Ou seja, vc apenas deu o diagnostico para ele. Quanto cobrar por isso?
    Agradeço desde já!

    Responder
  • faelp22 comentou em

    Olá a todos, bem eu aprendi esses coisa que parecem insignificantes, mas que são sem duvida muito importante para um Técnico/empresa pois acontecia esses exemplos com migo, cliente chegava pedia pra olhar o PC/Note dai dizia o problema é tal, o mesmo levava o aparelho sem dizem nada ou então via que o serviço era inviável de consertar levava também sem dizer nada. passei isso por um bom tempo ate perceber que o mesmo tempo que eu levava consertando ou diagnosticando deveria ser pago pois no final do mês minha contas vinha de qualquer forma.

    Dai adote essa politica de combinar o preço antes e mesmo se não tiver ou quiser fazer o serviço tinha uma taxa minima.

    Outra coisa que vi também era aqueles clientes que não queria fazer o serviço pois achavam caro ou inviável que sairia melhor compra outro equipamento, e o mesmo abandonava o PC/Note na loja ou seja estava igual um deposito de ferro velho, ai analisando a situação bolei um termo que caso o cliente em um determinado prazo depois do diagnostico ou serviço e o cliente não foce buscar o equipamento seria cobrado multa, e se passa de 5 meses o equipamento automaticamente seria descartado ou vendido para cobria gasto de espaço, tempo e serviço.

    pronto com isso muitos espertinho "técnicos que não queria fazer nada pegava PC/Note pra conserto e levava pra mim dar o diagnostico e o mesmo ir só fazer o serviço" deixaram de levar as tranqueiras deles mas outros viram que é uma empresa seria que visa dar a solução.

    Responder
  • Vitor de Leão Dutra comentou em

    Primeiramente gostaria de dar os parabéns por este excelente site. Quanto a cobrança de diagnóstico eu não utilizo tal procedimento, pois, trabalho com uma carteira de clientes que é toda formada por indicação e em 99,9% dos casos o serviço é executado. Os clientes tornam-se fiés justamente pela tranparência e não saio da casa do cliente sem antes abrir o pc na frente dele e dar um pré-orçamento, com isso crio um vinculo de confiança com o cliente. Já para notebooks dou o orçamento somente após leva-lo para a bancada, e verificar com muito critério qual o defeito e ainda informo ao cliente se vale ou não apena o reparo. Trabalho assim a 10 anos e venho conquistando cada vez mais clientes com esta forma "transparente" de trabalho. Utimamente eu cobro o valor mínimo caso seja um pequeno defeito que seja resolvido em 5 min, mas tenho minha tabela com preço mínimo e máximo que é informada ao cliente.
    Abraços e mais uma vez PARABÉNS, pois foi o melhor site que já encontrei sobre assuntos ligados a assistencia técnica em hardware e software.

    Responder
  • Laís Oliveira comentou em

    Cobrar ORÇAMENTO é ILEGAL!

    A grande sacada é saber diferenciar um orçamento de um diagnóstico.
    Um orçamento não é preciso dizer qual é o problema. Ex.:
    Mão-de-obra: R$ 30,00;
    Peça utilizada: R$ 40,00;
    Serviço de Terceiros: R$ 0,00;
    Frete: R$ 0,00;

    Previsão de entrega: xx/xx/xxxx
    Formas de Pagamento: XYZ

    Condições da Garantia: (texto explicativo)

    Se quiserem saber mais, leiam o Art. 39 e 40 do CDC.
    Obs.: O CDC deve ficar em um lugar VISÍVEL em sua Assistência.

    Responder
    • Daniel comentou em

      O CDC não diz que orçamento não pode ser cobrado. O que a Lei proíbe é que um trabalho seja EXECUTADO sem prévio orçamento ao cliente.

      Responder
    • Alexandre Amaral comentou em

      Olá Laís. Adorei a sua dica. Vou passar a fazer isso. Orçamento grátis, mas se não quiser fazer vou embora e caso pergunte qual é o problema vou cobrar o diagnóstico. A questão que algumas vezes temos custo com o transporte, e como compensar um orçamento grátis onde o cliente não realiza o serviço e ainda gastamos para ir até o mesmo?
      Obrigado.

      Responder
  • Jocelaine comentou em

    Uma pergunta: O orçamento deve ser pago antecipadamente? É que alguns clientes simplesmente demoram demais pra aprovar o conserto e outros não buscam mais, e muitas horas são perdidas em diagnósticos na bancada.
    Abraço!

    Responder
      • Diogo comentou em

        entao ficou a duvida pode se cobrado o orçamento ou eh ilegal
        e quanto a diagnosticos?
        qual a diferença exata entre um diagnostico e um orçamento?
        acho q jah entendi, mas se responder acho q vai tirar a duvida de muitos
        obrigado!
        gostei do canal vou me registrar e ficar
        (Y)

        Responder
        • Orçamento é você ligar pra um fornecedor e perguntar o valor de uma peça para passar ao cliente.
          Diagnóstico é mexer na máquina, as vezes desmontar, testar peças pra descobrir o que está com problema.
          Em momento algum foi falado em orçamento, o assunto do post são os diagnósticos.

          Responder
  • Ed Tambasco comentou em

    Olá Ricardo, ótimo artigo, como de costume.
    Aqui no interior de SP é o mesmo preço, R$ 25,00 PC - R$ 50,00 Note/Net. O correto é realmente cobrar um valor fixo para orçamento pois existem muitos "espertinhos", que não dão valor no trabalho dos outros profissionais. Geralmente os que mais tem dinheiro são os mais "chorões". Sem falar que é uma forma de não prostituir o trabalho.
    Obrigado por este POST.
    Abrçs!

    Responder
  • Thiago comentou em

    Boa Dica Ricardo.
    Isso é algo que penso bastante quando cobrar, e atualmente cobro um preço fixo que é de 30 reais tanto para PC ou Notebook/Net.

    Responder

Deixe seu comentário