5 dicas para abrir uma assistência técnica de informática

Aviso importante!

Eu sei que você não quer ver propagandas, porém o conteúdo gratuito só está aqui graças a publicidade. Considere desativar o AdBlock para esse site.

Tenho recebido muitos questionamentos de pessoas que pretendem iniciar no ramo de manutenção de computadores ou até mesmo formalizar a prestação de serviço que já vem sendo feita, e praticamente todas as perguntas dizem respeito ao caminho que deve ser seguido para abrir uma assistência técnica de equipamentos de informática.

Estamos falando aqui de um processo que jamais poderia ser explicado em um artigo, por isso separei algumas dicas que eu considero mais relevantes sobre o assunto para que você tenha um "norte" a ser seguido.

Faça um plano de negócios

Com certeza a etapa mais importante na concepção de qualquer empresa, mas que a grande maioria dos novos empreendedores ignora e depois paga caro por isso. Um exemplo é a grande quantidade  de empresas que fecham suas portas antes mesmo de completar seu primeiro aniversário.

Lembre-se que não basta ter um planejamento, é preciso executá-lo para alcançar seus objetivos

Um plano de negócios não é simplesmente uma ideia que está na cabeça do novo empresário, mas sim um documento completo e detalhado que deve ser elaborado juntamente com especialistas da área, como os consultores do Sebrae por exemplo.

Nesse plano de negócios será documentado todo processo de criação e funcionamento da empresa, bem como estratégias e metas que serão adotadas durante o andamento do processo. Os principais tópicos de um plano de negócio são:

  • Definição do produto ou serviço a ser comercializado: o primeiro passo é saber tudo que será vendido/oferecido pela empresa.
  • Estudo de viabilidade: com base nos produtos ou serviços, é possível saber se há mercado e qual a dimensão deste público.
  • Investimento: qual valor é necessário para iniciar a operação. Aqui deve-se comparar o investimento necessário com a possibilidade de faturamento na pior e melhor hipóteses.
  • Quadro social da empresa: quem e quantos serão os sócios, qual a participação de cada um deles em porcentagem e responsabilidade, haverá necessidade de contratação de mão de obra, etc.
  • Estratégias de comercialização: onde tudo irá acontecer, por exemplo, na sede da empresa (haverá sede fixa), na casa do cliente, via internet, telefone.
  • Formação do preço: antes de pensar no primeiro cliente isso deve estar devidamente decidido.
  • Metas: objetivos da empresa para o prazo de 1 ano, 2 anos, 5 anos e 10 anos.

Como mencionei, isso é o básico, mas um plano bem elaborado conterá outros tópicos interessantes e esclarecedores. Para elaborar um plano de negócio, entre em contato com o Sebrae da sua cidade/região ou contrate um consultor particular. É melhor "perder" um valor pequeno para montar um planejamento profissional do que investir um valor alto e descobrir que o negócio é insustentável.

Busque conhecimento

No início, provavelmente você irá trabalhar sozinho, e para que isso seja possível você precisa ter conhecimentos sólidos sobre o assunto em questão. Em nosso ebook temos dicas importantes para escolher bons cursos e instituições para cuidar da sua formação profissional, portanto sugerimos enfaticamente que adquira e leia nosso ebook.

Um profissional bem sucedido constrói sua carreira a partir de uma boa formação

Ter conhecimentos só da área técnica não é suficiente, é preciso ser um pouco de tudo no início e entender de marketing, administração e assim por diante, e nesse ponto o ebook também será útil, pois nele tem diversas dicas para quem está iniciando neste ramo de atividade.

É muito importante que você nunca pare de estudar e buscar especializações, por isso continuar lendo livros e visitando sites sobre o assunto é fundamental para seu negócio prosperar. Procure também por livros sobre marketing e empreendedorismo, eles são fundamentais para desenvolver estratégias cada vez mais eficazes para sua empresa.

Pense estrategicamente, SEMPRE

De nada terá ajudado você ter o amparo de um profissional no início, se depois você não continuar pensando como o consultor lhe instruiu. Você precisa estar sempre um passo a frente dos seus concorrentes e do mercado como um todo.

Por exemplo, se você tiver a informação que um novo sistema será lançado, você pode antecipar-se e fazer um estudo desse sistema, dessa forma quando o software chegar ao mercado você já pode ter um material de marketing todo preparado e abocanhar a maior fatia do bolo. Enquanto seus concorrentes estiverem preocupados em estudar, você já vai estar prestando o serviço e faturando alto com isso.

Esteja sempre um passo à frente de seus concorrentes

Outra coisa importante é agregar valor e serviços extras ao seu trabalho. Tenha sempre um serviço de nível básico (com um preço também básico) e outro mais completo e avançado. Na hora de vender, ofereça o básico mas destaque as vantagens da opção mais completa, provavelmente o cliente vai optar pelo serviço completo e sua conta bancária irá agradecer.

Estes foram apenas exemplos simples, eu garanto que você consegue pensar em muito mais coisa para melhorar seu negócio.

Controle seus custos

Cuidado com o custo fixo, ele é o grande vilão de qualquer empresa

O segredo das grandes empresas não é o quanto elas faturam, mas como elas gastam o dinheiro e qual o controle que elas tem sobre esses gastos. Você não precisa ter um ERP super complexo para isso, com um pouco de dedicação e algumas planilhas é possível ter controle total sobre o dinheiro que circula pelo seu caixa.

A partir do momento que você sabe as principais fontes de entrada e saída de recursos você tem o segredo do sucesso na sua mão, basta pensar e agir com base nos dados. Exemplo: a principal fonte de entrada é onde você deve focar seus esforços para conquistar mais clientes e a principal fonte de saída é onde as despesas devem ser contidas de alguma forma.

Ter um fluxo de caixa bem organizado também é fundamental para tomar decisões com base no histórico financeiro da empresa. Se você sabe que no ano anterior um determinado mês teve um faturamento muito baixo, você já pode se organizar previamente e fazer alguma promoção para mudar esse histórico negativo. Além do mais, você pode prever despesas extras com base naquilo que já ocorreu em anos anteriores, e até evitar que essas despesas atrapalhem seu planejamento.

Ah, e se você vai trabalhar com venda de equipamentos e peças, é muito importante que você aprenda um pouco sobre o ponto de equilíbrio de uma empresa.

Cative seu cliente

Em um treinamento sobre vendas que participei, o ministrante disse a seguinte frase: "Um cliente satisfeito, as vezes volta", e o pior é que isso é a mais pura verdade. Sabendo disso, você não pode simplesmente deixar seu cliente satisfeito, ele precisa ficar apaixonado pelo seu serviço.

Muitas empresas ainda usam o preço como argumento de venda, enquanto as pesquisas mostram que o que o cliente busca é bom atendimento, qualidade e somente em terceiro lugar o preço. Vamos a um exemplo prático:

Surpreenda seu cliente com algo muito positivo e inesperado

Ao invés de fazer duas formatações por dia a um valor de R$ 50,00, faça somente uma e cobre R$ 100,00 por ela. Você terá o dia todo para fazer o serviço, podendo fazer um atendimento diferenciado ao cliente sem sofrer cortes no faturamento. É possível ainda se diferenciar dos seus concorrentes, oferecendo um prazo menor para entregar a máquina ao cliente (para os impacientes isso funciona maravilhosamente bem).

Outra dica é manter um cadastro atualizado de todos os clientes. Com estes dados você pode, por exemplo, ligar para o cliente no dia do aniversário dele para desejar parabéns. Esse simples gesto, fará com que ele crie uma relação de confiança com você e essa confiança por sua vez fará o cliente ser fiel para com sua empresa, garantindo muitos anos de serviços prestados a ele.

Conclusão

Se você teve paciência e dedicação para ler todo texto acima, parabéns, suas chances de alcançar o sucesso aumentaram um pouco. Mas se você pulou para este parágrafo, devo dizer que você já está no caminho errado.

Para finalizar, desejo que as dicas que passei neste texto lhe ajudem a inciar uma empresa consciente e de sucesso, que traga a você bons resultados em todas as áreas. Se após ler tudo que eu tinha a dizer você quiser deixar sua opinião sobre o assunto, sinta-se convidado a deixar seu comentário neste post.

Se você gostou do que leu aqui, compartilhe este post nas redes sociais e nos ajude a divulgar esse artigo. Obrigado!

Sobre o autor

Ricardo Bernardi

Sou técnico em hardware e desenvolvedor web, e sobre estes dois assuntos comecei a compartilhar aulas e artigos, tornando-me blogueiro em 2008. Em 2010 esse hobby virou profissão, e desde então tenho buscado melhorar e profissionalizar cada vez mais os projetos que mantenho na web.

Comentários

Atualmente temos 49 comentários para este post. Participe você também, clique aqui e comente sobre o assunto.

  • Carlos Eduardo Santos comentou em

    Olá Ricardo, muito bacana sua iniciativa em passar seus conhecimentos como sempre, trabalho por conta com manutenção de desktop e notebook, tenho vontade de ter uma loja, mais um grande problema que enfrento é em conseguir fornecedores de peças, consegue me sugerir algo?

    Responder
  • Oi Ricardo, acabo de concluir o meu curso tecnico profissional em informatica , gostei muito da sua contribuicao no fornecimento de dicas de careira e aproposito desejo abrir uma empresa de assistencia tecnica e com essas dicas mi fazem do Homen preparado para acompeticao no ramo

    Responder
  • Carlos Gando comentou em

    Olá chamo-me Carlos Gando, trabalho numa cimenteira como Administrador de redes e sistemas. Estou pensando em abrir uma empresa na área de tecnologias de informação, redes e sistemas.
    Achei muito interessante este artigo, ajudou-me bastante em aprimorar as minhas ideias.

    Obrigado

    Responder
  • Gabriel comentou em

    Olá, gostei muito do que você escreveu , eu tenho 18 anos , e to sofrendo com a falta de emprego, mas eu não estou parado ,estou estudando Hardware e logo mais o técnico em Informatica , mas eu queria começar a fazer uns trampo arrumando ,formatando dentre outras coisas com computador, eu gostaria de começar isso , na garagem de casa mesmo, q possui um espaço com para fazer esses trampos, e gostaria muito de saber algumas dicas

    Obrigado,Agradeço desde já

    Responder
  • Flávio comentou em

    Boa noite! O meu ramo é de Informática sim, mas trabalho com Manutenção de impressora desde 2000 e hoje estou desempregado, tenho uma empresa aberta desde 2013 porém agora que estou querendo vê se abro uma loja ou fecho uns contratos com empresas, aqui aonde moro ninguém sabe fazer manutenção de impressora, é um município pequeno, eu moro no interior do Rio, mas próximo ao estado do ES aonde pretendo explorar, pretendo fazer curso de montagem e manutenção de Micros, depois redes e futuramente Faculdade de Administração, mas gostei muito das dicas e pretendo aproveitar com bastante cautela. Depois de ler o seu artigo estou pensando em procurar o Sebrae para ver o conselho deles.

    Responder
    • Luciano comentou em

      Olá, estou numa situação parecida coma sua, trabalhei para uma empresa desde 2008 até março de 2016. Nesse tempo aprendi tudo sobre manutenção de computadores, vendas, atendimento e em 2013 abri uma MEI e assumi o provedor de internet, onde passei a prestar todos os serviços, desde financeiro até suporte técnico e TI hoje é minha área. Estou com grande vontade de abrir uma loja de assistência técnica e instalação de redes e câmeras de segurança, só que sem grana pra isso. Você procurou o SEBRAE e teve alguma boa idéia?

      Responder
  • expertwall comentou em

    olá, descobri hoje este site e achei maravilhoso. tenho estudado muito acerca de informática pois é uma área que sou apaixonado, gostaria de iniciar meus serviços com formatação, no entanto tenho uma dúvida. Gostaria de saber como faço para ativar o windows após a formatação. qual é a forma "legal" que os técnicos usam para poder cobrar por uma formatação aproximadamente 100 reais? Por favor preciso muito de ajuda nesse quesito. alguem pode me ajudar??? aguardo resposta!!

    Responder
    • O preço de uma formatação refere-se ao serviço de fazer backup dos dados, instalar e configurar o sistema e também os aplicativos necessários além de otimizar a máquina para entregar ao cliente. A licença do sistema é por conta do cliente e não tem nada a ver com o preço cobrado por uma formatação.

      Responder
      • expertwall comentou em

        sim entendo. Más eu me refiro ao ativador do serial. Alguns PCs que já vem de frábrica com o windows instalado vem com esta etiqueta de chave de licença. isso são excessões. questiono como proceder para deixar o windows recen instalado original para o cliente. EX: um técnico formata 5 PCs por dia e não tem a chave de ativação como ele faz? ou como devo fazer? Windows loader? Aguardo resposta!!!

        Responder
        • A única forma de deixar o Windows original é com uma licença original, fora isso será pirata. Nesses casos sugiro que colete assinatura do cliente em um termo de responsabilidade onde ele está ciente de que seu sistema é pirata.

          Responder
          • expertwall comentou em

            Muito obrigado pelo feedback. aqui na minha cidade a média de uma formatação é de 100 reais e 30 para instalar o pacote office da MS. Então suponho eu que sejam ambos piratas, não é mesmo? Acho que no Brasil todo funciona assim né?

          • felipe comentou em

            Ola meu amigo todos os lulagres de formatação que eu conheço é pirata ou como você acha que um cara que arrecem começou um negócio vai comprar o windows original que em média da uns 200$ a 400$ e esse negocio de assinar contrato porque é pirata nunca vi acho que nem existe

          • A licença é responsabilidade do usuário e não do técnico, o termo assinado é uma forma de demonstrar através de um documento que o técnico não é o "culpado" por ter uma cópia pirata do software na máquina do cliente.

  • Diego comentou em

    Olá, vou fazer um curso de montagem e manutenção de micro, notebook, netbook e redes no SENAI.

    O que você me aconselha a fazer quando acabar o curso, trabalhar em uma empresa ou ser autônomo ?

    Desde já agradeço

    Responder
  • Guilherme luis Gomes comentou em

    Meu amigo só tenho a agradecer a vc pela sua disposição e disponibilidade para ajudar seu próximo.
    Pois a mim me ajudou muito mesmo . Que Deus ilumine e abençoe tds os dias de sua vida . Sua família tb. Obrigado.

    Responder
  • Antonio Gérson Sodré comentou em

    Boa noite Ricardo Bernardi, agradeço pelas dicas, irão me ajudar bastante. Abri uma empresa de assistência técnica de computadores, tenho a técnica mas me sinto leigo na parte administrativa , para isso resolvi fazer uns cursos de administração para melhor compreender e direcionar os setores da empresa.
    Hoje curso sistemas da informação, que esta me ajudando muito a adquirir conhecimento em ramos diferenciados nessa nossa área...
    Através das sua dicas vi que os planos que fiz para o crescimento da empresa ainda não são satisfatório, e realmente preciso de uma ajuda de especialistas do nosso setor...

    Agradeço pela iniciativa em ajudar aqueles que ainda precisão de um foco concreto nessa nossa caminhada...
    Que Jesus sempre esteja presente em sua caminha te abençoando mais ainda e iluminando seus caminhos.

    Responder
  • Jefferson D.Felix comentou em

    Agora estou mais animado para abrir meu negocio, Ótimas dicas para um negocio de TI, eu já tenho todo um planejamento para abrir um negocio de sucesso
    aqui em BSB.
    Muito Obrigado e sucesso a todos, Deus na frente sempre.

    Responder
  • Eduardo Aragao comentou em

    Muito obrigado Ricardo pelas dicas , fiquei bem feliz em ver pessoas como voce que interage ideias com a sociedade para termos a procura de uma melhora eo melhor de tudo com oque gostamos obrigadoo

    Responder
  • Hugo comentou em

    Ola... Trabalho a muito tempo com informatica e oq conta de suma importancia nao a instalação de um windows ou um programa
    Oq se ganha muito ponto em uma loja um backup bem feito e todos os pcs que der assistencia que fizer procurar dar um trato bom com a limpeza pois assim se ganha muitos clientes.

    Responder
  • Wellington Steffens comentou em

    Obrigado muito mesmo, Gostei do que eu li, abriu minha mente mais ainda para abrir o meu proprio negócio.

    Responder
  • Mainal Neto comentou em

    Boa noite, primeiramente queria agradecer a você por esse tópico que já ajudou bastante e queria tirar umas dúvidas também.
    Já trabalho na área de TI desde os 16 anos hoje tenho 25, trabalho para uma empresa que presta serviço para caixa e para mim com os free lances.
    ganho muito dinheiro por fora com meus serviços e queria hoje montar uma empresa, gostaria de saber se devo inicializar com uma MEI ou arranjar um local fisico para que possa receber os clientes e tenha variedades??
    Trabalho com manutenção de notebooks, venda de peças e acessórios e estou inicializando o ramo de celulares e tablets.
    Caso eu tenha um dinheiro para investir, o que você sugere?
    Abraços!!!

    Responder
  • Francisco comentou em

    "Definição do produto ou serviço a ser comercializado" Gostei desse ponto, muitas e muitas vezes cheguei em estabelecimentos e vi pessoas solicitando serviços ou produtos e o atendente não sabia se a empresa fazia o serviço ou revendia aquele tipo de mercadoria, por mais que no final você tenha sido atendido, dificilmente você sai satisfeito. Até então não havia pensado nesse aspecto como importante. Acredito que definindo isso já é quase meio caminho andado. Valeu pelas dicas.

    Responder
  • Marcos Aguiar comentou em

    Muito bem feita, sua matéria e linguagem utilizada. Percorreu boa parte das atribuições exigidas a um "Técnico" profissional.
    Parabens!!!!

    Responder
  • Alisson Tenório comentou em

    Parabéns pela iniciativa meu amigo, estou abrindo uma empresa de assistência e produtos de informática e fui procurar ajuda para os primeiros passos e realmente é muito ver que existem pessoas como você que tem a intenção real em ajudar, sucesso pra você e tudo de melhor.

    Um abraço.

    Responder
  • José Leoncio comentou em

    Parabéns Ricardo! Suas dicas são válidas, contribuem muito para quem pretende abrir o próprio negócio, o que é o meu caso, pois pretendo abrir firma como Micro Empreendedor Individual, a partir do próximo semestre e como não tenho experiência no ramo, fico feliz em encontrar informações que me estimulem e façam amadurecer essa ideia de forma consistente, convicta.

    Muito obrigado e forte abraço!

    Responder
  • Reinan Lima comentou em

    Boa noite Ricardo,
    Pretendo abrir uma assistência técnica ainda esse ano e tenho buscado bastante informação sobre o assunto, sendo seu blog uma das minhas melhores fontes de pesquisa.

    Parabéns pelos artigos escritos.
    Irei adquirir seu e-book para ter uma fonte ainda melhor de informações.

    Muito obrigado e Sucesso!

    Responder
  • david canjamba comentou em

    hola sou david sou tecnico d informática já a 8 anos sintumi já um grande tecnico na aria preciso de abrir uma assistencia tecnica de informatica quais são os serviços para se fazer em uma assistencia? xpero que me respondam porque preciso muito! sinto-me perito em informática mais não sei quais são os serviço que devi-se fazer-se para por em uma publicidade

    Responder
  • gilso comentou em

    Suas dicas foram muito boas, gostei muito do que li, e gostaria de comentar que nesse momento estou abrindo uma empresa (MEI) Micro Empreendedor Individual, conforme orientação do SEBRAE (Osasco) ou seja é uma categoria de empresa onde sua renda média é em torno de R$ 6.000,00 / mês e vc pode ter um(01) funcionário (Outro Técnico) que no meu ponto de vista dependendo da quantidade de serviços poderá ser necessário (após um ou dou meses saberei a necessidade de contratação).

    Responder
    • O MEI permite faturamento de 60 mil por ano, o que dá 5 mil/mês e você paga menos de R$ 40,00 de imposto. Porém para ter funcionário o imposto aumenta e muito, informe-se sobre as taxas.

      Responder
  • Tarcisio Carvalho comentou em

    Olá, Li o enunciado na internet e fui logo clicando depois de muitos outros pouco relevantes. Mais quando li essa aqui queria mais, mais. A cada linha devorei com bastante vontade o que escreveu.

    Parabéns mesmo, excelente post, e pretendo adquirir seu ebook.

    Responder
  • renato comentou em

    ola, ricardo, excelente seu blog, parabéns ! Acerca das orientações para se trabalhar com assistência técnica manutenção em informática, vc esqueceu de mencionar sobre a exigência do registro no CREA, aqui em minha cidade toda loja e/ou assist. em informática que abre, o fiscal do CREA, fiscaliza exigindo que tenha um TÉCNICO EM ELETRÔNICA, responsável pelo estabelecimento, fica ai a dica !

    Responder
  • Cristiano Jesus Lima comentou em

    Achei estas informações navegando no google em busca de dicas para a empresa que estou preste a abrir, me senti motivado, espero que outras pessoas como eu leiam e se espire como eu. Deus te abençoe e te dê cada dia mais sabedoria.

    Responder
  • Marcio Rinaldi comentou em

    Se você fizer uma imagem com todos os softs instalados (menos drivers) dos sistemas operacionais que você tem mais demanda, você vai fazer um serviço que vale 100 reais para todos =D

    Responder
  • Victor Lima comentou em

    Muito bom mesmo que Deus te abençoe você e sua família, obrigado pelo sua boa vontade; ao compartilha suas conhecimento e dicas.

    Responder
  • Cristian Ribeiro Etchebest comentou em

    Muito bom Ricardo, vale lembrar sempre que os cursos do SEBRAE também estão ai para nos ajudar e como nosso amigo Agnaldo Reis falou "Abra uma empresa como Microempreendedor Individual (MEI)", essa é a melhor opção hoje. Vamos seguir o conselho do ET Bilu "....busque conhecimento..". ;)

    Responder
  • Thiago comentou em

    O SEBRAE Fornece todo o apoio, se vocês procurarem lá tem as incubadora aonde vocês pode abrir a empresas de vocês com o suporte do sebrae.

    Responder
  • Elton Faturetto comentou em

    Boas dicas, tem lido muitas coisas sobre o assunto, no site do SEBRAE tem muita coisa importante para o ramo, é fundamental um plano de negócio bem montado.
    Um dia estarei no ramo formalmente. Minha ideia de montar uma assistência técnica está cada vez mais amadurecida.

    Abraço.

    Responder

Deixe seu comentário