Contratos de manutenção - Características e vantagens

Aviso importante!

Eu sei que você não quer ver propagandas, porém o conteúdo gratuito só está aqui graças a publicidade. Considere desativar o AdBlock para esse site.

Fechar um contrato de manutenção com seus clientes (principalmente empresas) é uma ótima forma de garantir uma rentabilidade fixa e ter um trabalho contínuo dentro daquela empresa.

Neste vídeo eu tentei mostrar as principais vantagens do contrato tanto para técnicos quanto para clientes. Após conhecer melhor os benefícios, fica mais fácil argumentar na hora de tentar vender um contrato para seu cliente. Então, se você ainda não trabalha com este tipo de serviço, aproveite as dicas e comece a montar sua estratégia de venda agora mesmo.

Sobre o autor

Ricardo Bernardi

Sou técnico em hardware e desenvolvedor web, e sobre estes dois assuntos comecei a compartilhar aulas e artigos, tornando-me blogueiro em 2008. Em 2010 esse hobby virou profissão, e desde então tenho buscado melhorar e profissionalizar cada vez mais os projetos que mantenho na web.

Comentários

Atualmente temos 14 comentários para este post. Participe você também, clique aqui e comente sobre o assunto.

  • Manoel Lima comentou em

    Olá Ricardo, obrigado por disponibilizar o blog e o site, agregou muito valor a meu conhecimento.
    Preciso de um dica:
    Quero fazer 3 cursos de Hardware, acredito que com esses cursos, Hardware Fundamentos, Hardware Arquitetura e Suporte e Hardware Suporte Avançado, irei estar apto a prestar serviços e consultoria, claro que não vou me limitar a esses cursos, irei continuar estudando..
    O problema é que eu não sei nada de Hardware e Software, porém quero aprender por realização pessoal, e para ganhar dinheiro, claro!
    você tem alguma sugestão para mim???

    Responder
  • Taf comentou em

    A algum tempo venho me interessando por contratos pois ta dificil ficar pingando clientes como pessoa física.
    Tenho dúvidas em como elaborar o contrato e oferecer os serviços.
    Abraçs

    Responder
      • Taf comentou em

        Olá, agora que eu vi, a sua resposta, acho que aqui não tem aviso. Obrigado pelas dicas, vou ler e tomar uma base por esse contrato,
        abraç

        Responder
  • Ricardo achei ótima a abrangência desse vídeo, porém acho que faltou uma questão muito importante, a questão de ter ou nao um CNPJ pois eu mesmo antes de ter minha empresa perdi algumas oportunidades por conta disso contudo oque mais impacta nessa questão de se abrir uma empresa são os custos que não são baixos e no qual nenhum cliente quer saber pelo simples fato de lhe dar mais confiabilidade, segurança e entre outros fatores juridicos.

    Abraço !

    Responder
      • Verdade Ricardo, essa modalidade ajudou a muitos profissionais, só e preciso ficar aternto quanto ao faturamento que não pode ultrapassar o teto de 60.000/Ano ou + - 5.000/Mesnsal com isso sugiro que seja feito um provisionamento de crescimento e avaliar se vai atender a longo prazo.

        Abraço !

        Responder
  • Wagner Brust comentou em

    Muito bom o vídeo. Trabalho com suporte em um provedor e mantenho um contrato que já completou 1 ano. No começo sofri um pouco para por as máquinas em ordem, mas hoje com uma rotina de backup, levo menos de uma hora por semana no cliente. Vale muito a pena, o vídeo serviu para me inspirar a buscar novos clientes e me livrar finalmente da assinatura na carteira.
    Espero que seja feita a série com mais vídeos.

    Responder
  • João Carlos Luz comentou em

    Ricardo Bernardi. O vídeo é bastante explicador, leve, solto e prático. Como já conheço bem a questão de contratos de manutenção..., passei parte de minha vida como técnico em outras áreas de tecnologia, sei como é. Agora, no que se refere a manutenção em informática, vejo que se tem pessoas físicas, que dificilmente fazem um contrato de manutenção, parece, pois que preferem esperar dar o problema, e às atuais máquinas são de grande performance, ás empresas são, elas às que mais fazem contratos de manutenção, até para não ter que ficar, buscando um novo técnico a cada problema e ou ter que ficar com sua máquina parada por vários dias. O que vi também a nível de mercado é a massifiação do trabalho do técnico de campo, com grandes empresas hoje fazendo o contratÃO... e pagando uma miséria para tecnicos, que ainda assim tem que bancar passagens e tranportes pra receber um mês ou dois meses a frente... Bom, seu vídeo é ótimo e agradeço pela oportunidade.

    Responder
  • Sergio A Pereura comentou em

    Ricardo, excelente explanação.
    Também penso assim e, como você mesmo disse, não se aprofundou em detalhes do assunto.
    Na minha experiência, tenho tido sucesso com os clientes, divulgando a utilização do conceito de "nuvem", sincronização de informações e rotinas de backup.
    Acho que seriam pontos também interessantes aqui para o blog.

    Grande abraço,

    Sérgio A Pereira / RJ

    Responder

Deixe seu comentário