Um bom técnico precisa: CONHECIMENTO

Aviso importante!

Eu sei que você não quer ver propagandas, porém o conteúdo gratuito só está aqui graças a publicidade. Considere desativar o AdBlock para esse site.

Não importa se você quer consertar computadores ou adestrar cães, o primeiro passo de qualquer profissão é sempre o aprendizado sobre o assunto em questão. Quer ser um ótimo técnico em manutenção? Então seja em primeiro lugar um bom aluno!

A ordem padrão das coisas fica mais ou menos assim: primeiro você aprende e depois você diz pro seu cliente "eu faço isso". Não seja idiota (eu disse idiota?) a ponto de afirmar que sabe/pode fazer algo que você nunca tenha feito ou ouvido falar, mesmo que você consiga um resultado positivo no final do processo esse tipo de atitude pode prejudicar sua imagem caso algo errado venha acontecer posteriormente.

Honestidade é algo muito importante (e nossa sociedade carece dessa qualidade), e humildade de assumir que não sabe fazer algo pode ser bem mais positivo para sua carreira do que ganhar alguns poucos trocados a mais agora.

Você aprende gradativa e constantemente

Esse na verdade é o "pulo do gato", e mesmo sendo alto tão óbvio muitas pessoas não são capazes de perceber isso. Quando você tinha por volta de 2 anos de idade e começou a gaguejar suas primeiras palavras, você já conhecia todo alfabeto e tinha um vocabulário com muitas palavras? Claro que não!

É assim com tudo que nos propomos a aprender. Existe um ponto de partida e um caminho a ser percorrido, caminho esse que geralmente não tem fim e deverá ser percorrido pelo resto de sua existência (ok, isso foi  meio filosófico).

Na verdade o que eu quero dizer é que você vai ter que começar do absoluto ZERO e ir aprendendo as coisas devagar e sempre. A cada dia de trabalho, a cada novo problema solucionado, a cada cliente atendido você terá aprendido algo novo ou terá aprimorado seu conhecimento em algo que você já sabia. Fazer um registro dessas experiências pode ser uma ótima opção para estudar ou até mesmo dar boas risadas no futuro.

Fazer cursos, ler livros, conversar com outros técnicos ou beber um chopp suco com seus amigos, tudo isso ajuda no seu processo de formação. Mantenha seu cérebro ativo e sua base de conhecimento será cada vez mais sólida.

Mas o que estudar afinal?

Aqui temos várias ramificações que podem ser seguidas, tudo variando de acordo com a especialização que cada um optar dentro do setor de manutenção, porém o que você precisa ter em mente é que existem problemas que ocorrem com uma frequência muito maior, e é neles que você deve focar.

Aprenda primeiro aquilo que os usuários (clientes) mais buscam para suas máquinas: formatação (instalação e reinstalação de sistema operacional) e remoção de malwares. Essas duas tarefas abrangem pelo menos 50% de todos os atendimentos de uma assistência técnica, então foque nelas para começar.

Saber montar e desmontar um PC para trocar peças ou fazer uma boa limpeza também é importante, mas não essencial nos seus primeiros (2 ou 3) meses como prestador de serviços. Aliás nesses primeiros meses provavelmente você estará trabalhando na garagem de casa e não terá compromissos com aluguel, condomínio, etc.

Entendeu a sacada? Se você tiver um bom conhecimento sobre o sistema operacional mais usado (Windows) e conseguir eliminar malwares você já pode ganhar seus primeiros trocados trabalhando com manutenção. A partir disso continue estudando para oferecer outros serviços para seus clientes.

Quer mais dicas ou um cronograma completo para seu plano de estudos? Então clique aqui e conheça nosso ebook

O que mais um bom técnico precisa? Ética, ser estrategista, ter diferenciais? Comente nesse post e ajude na criação dessa série de artigos.

Mais posts desta série

Este post faz parte de uma série, confira tudo que já foi publicado sobre o mesmo assunto.

Sobre o autor

Ricardo Bernardi

Sou técnico em hardware e desenvolvedor web, e sobre estes dois assuntos comecei a compartilhar aulas e artigos, tornando-me blogueiro em 2008. Em 2010 esse hobby virou profissão, e desde então tenho buscado melhorar e profissionalizar cada vez mais os projetos que mantenho na web.

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...

Deixe seu comentário