Bancada para testes e overclock - Dicas para fazer a sua

Aviso importante!

Eu sei que você não quer ver propagandas, porém o conteúdo gratuito só está aqui graças a publicidade. Considere desativar o AdBlock para esse site.

Quem já procurou uma bancada para comprar sabe que é bem complicado encontrar esse tipo de produto aqui no Brasil, mas nem por isso você precisa abrir mão de ter sua bancada para fazer testes e overclock.

Veja nesse vídeo algumas dicas para construir a sua bancada com um ótimo custo X benefício.

 

Como eu fiz minha bancada

Vamos começar pelos materiais que usei para o projeto, confira a lista a seguir (clique nas imagens para ampliar).

OBS.: toda lista de materiais, medidas e custos está no final do post.

Os pés/colunas para suporte foram feitos com 4 pedaços de barra de rosca, ou barra roscada como muitos costumam chamar. Para fixar as bases serão usadas porcas e arruelas, bem como pezinhos plásticos e porcas de acabamento para a parte superior:

As chapas que servirão de bancada são duas peças de conglomerado de 4mm que servia de fundo para a gaveta de uma cômoda antiga (aqui a dica é usar MDF de artesanato de 6mm para quem tiver acesso, pois fica muito mais rígido e estável). O tamanho é variável de acordo com sua necessidade ou gosto pessoal.

Para fazer o suporte da fonte de alimentação na parte traseira e o painel da placa mãe eu usei dois pedaços de acrílico:

Como suporte para os HDs e DVDs eu usei um pedaço de gabinete velho para facilitar um pouco o trabalho e não precisar fazer toda parte de gavetas em acrílico ou conglomerado, o que daria um puta trabalho...

Com todos os materiais em mãos fiz um teste de montagem para ver como tudo ficaria, para somente depois pensar em cortar ou dar qualquer tipo de acabamento.

Agora que tudo foi devidamente testado, começa a etapa final de cortes e acabamentos. Primeiro um corte na chapa inferior para ventilação da fonte de alimentação, também apliquei massa "tapa tudo" para reduzir imperfeições.

Depois de lixar a superfície ficou com um acabamento liso e uniforme.

Na chapa superior fiz um corte para servir de passagem para os fios da fonte e dos dispositivos de armazenamento.

No acrílico traseiro fixei suportes em "L" usando rebites, posteriormente esses suportes servirão para unir as chapas com esse acrílico.

E como as peças de acrílico serão pintadas, precisei lixá-las para que a tinta tenha aderência.

Com todas as peças pintadas é hora de fazer a montagem definitiva.

Ficha "técnica" do projeto

Detalhamento do material utilizado:

  • As barras de rosca são de 8mm e foram cortadas em pedaços de 25cm de comprimento cada. Isso para aproveitamento total, uma vez que a barra é comprada em metro linear.
  • As chapas de madeira medem 35x42cm e são de 4mm de espessura. O ideal é uma chapa de 6mm de espessura, pois assim não ficou muito resistente no centro, podendo se curvar com excesso de peso.
  • O acrílico que serve de painel para a placa mãe mede 35x30cm e o da traseira onde é fixada a fonte mede 35x21cm.
  • As baias de gabinete você encontra em assistências e pode conseguir até de graça. Outra alternativa é usar um gabinete seu que não tenha mais uso.
  • A massa utilizada é a chamada “tapa tudo” vendida em lojas de material de construção/pintura. Para aplicação eu usei uma espátula de metal e uma de silicone.
  • Lixas de granulações diversas para madeira e ferro. Para lixar o acrílico é indicado a lixa d’água para não deixar ranhuras no mesmo.
  • Tinta spray da linha DECOR da Colorgin.

Custos do projeto:

  • Barras de rosca, porcas, arruelas, rebites e parafusos: R$ 20,00
  • Chapas de madeira: eu já tinha e não custou nada, mas e for comprar fica na média de R$ 30,00
  • Acrílico: eu já tinha, mas comprando custa em média R$ 25,00
  • Pedaço de gabinete velho: R$ 0,00
  • Massa usada para cobrir imperfeições: R$ 10,00
  • Lixas: R$ 10,00
  • Tinta spray: R$ 25,00 (um preto fosco e um laranja)
  • Gasto total no projeto: R$ 120,00

O tempo total trabalhado no projeto foi de aproximadamente 16 horas, mas é precisaovários dias para completar a montagem por ter que esperar massa e tinta secar entre as aplicações.

Sobre o autor

Ricardo Bernardi

Sou técnico em hardware e desenvolvedor web, e sobre estes dois assuntos comecei a compartilhar aulas e artigos, tornando-me blogueiro em 2008. Em 2010 esse hobby virou profissão, e desde então tenho buscado melhorar e profissionalizar cada vez mais os projetos que mantenho na web.

Comentários

Atualmente temos 10 comentários para este post. Participe você também, clique aqui e comente sobre o assunto.

  • Hugo Nogueira Pinto comentou em

    Ricardo, como já foi abordado em outro comentário gostaria de falar sobre as vendas da bancada.
    Como você mesmo falou o processo é manual, ou seja, é possível que seja feito por pessoas com dedicação e tempo.
    Eu sou estudante do ensino médio e tenho um grupo de amigos e nós estamos dispostos a fazer esse trabalho, ia facilitar muito, cada um fica responsável por uma parte e também iria diminuir o tempo de produção. Podemos lhe enviar um modelo para provar a qualidade do produto, enfim Ricardo se estiver interessado entre em contato.

    Responder
    • Como falei, a venda com produção artesanal se torna inviável, e quanto mais gente envolvida maior será o custo do projeto.
      É um projeto para fazer em casa, para uso próprio, como falei no worklog foram 16 horas de trabalho, se é pra ser um projeto comercial só de mão de obra passa de R$ 300,00 e ainda tem todo material que precisa ser de ótima qualidade.
      Resumo da ópera: não teria como fazer algo comercializável por menos de R$ 500,00.

      Responder
      • Hugo Nogueira Pinto comentou em

        Ricardo não se preocupe com a mão de obra, nos somos estudantes não queremos um grande lucro, consideramos isso mais para lazer do que para de fato um trabalho. Qual o preço que você considera ideal para se comercializar? como você mesmo falou o material seria algo em torno de 200$ fale o preço ideal para se comercializar que nós vamos encaixar a mão de obra!
        Considere isso como um trabalho de verão, será prazeroso para nós fazermos isso, somos amantes de tecnologia, nosso foco não é o lucro, nos de só uma oportunidade...

        Responder
  • Hugo Nogueira Pinto comentou em

    Ricardo, parabéns pelo vídeo!
    Gostaria de que você fizesse algo parecido com a sua outra bancada, normalmente ela fica como fundo em outros vídeos seus.
    Por exemplo, eu ainda não encontrei os suportes para os monitores, na verdade até encontrei porém não atende as minhas necessidades, por favor me indica um site onde você comprou é também se possível faça um video sobre o assunto para evitar erros e qualquer outro transtorno.

    Um outro assunto que eu gostaria que você abordasse é Android, seria muito bacana se fosse fizesse um curso para iniciantes.

    Abraços.

    Responder
  • Marcos comentou em

    Perfeito e muito pratico pra quem trabalha com manutenção, muito generosa sua iniciativa em fornecer a forma de montar e os valores que se gastariam pra montar mesmo projeto, mas mesmo assim muita gente não dispõe das mesma habilidade prática ou tempo disponível e então pergunto...Já pensou em vender???

    Responder

Deixe seu comentário