5 formas de ganhar dinheiro com manutenção de PCs

Aviso importante!

Eu sei que você não quer ver propagandas, porém o conteúdo gratuito só está aqui graças a publicidade. Considere desativar o AdBlock para esse site.

Você trabalha ou pretende trabalhar como técnico em hardware e manutenção? Sabe o que fazer para ganhar dinheiro com esta profissão? Então acompanhe algumas dicas de serviços que você pode prestar que lhe darão um bom retorno financeiro, possibilitando que você trabalhe a partir de casa ou tenha uma renda extra dedicando-se em horas de folga.

O objetivo principal de quem se forma na área de manutenção de computadores com certeza é viver disso, prestando serviços como freelancer ou até mesmo trabalhando em alguma empresa do ramo. Se você pretende trabalhar por conta própria, confira o que você pode oferecer aos seus clientes.

Formatação de computadores e notebooks/netbooks

Este é com certeza o serviço mais popular entre os técnicos, pois toda hora tem gente querendo formatar um PC, seja ele novo ou usado, seja por vírus ou por bugs gerados pelo excesso de uso sem manutenção preventiva. Todo técnico que se preze deve saber como instalar e configurar um sistema operacional de maneira a proporcionar uma experiência de uso satisfatória ao seu cliente.

Não adianta pensar que basta instalar o SO e deixar por isso mesmo, os clientes estão cada vez mais exigentes, portanto, se você não tiver um diferencial perante seus concorrentes é muito provável que irá perder mercado gradativamente com o passar do tempo. Sabia que um computador bem configurado pode ter um desempenho até 20% maior do que o mesmo computador sem nenhuma configuração?

Para aprender a instalar e configurar os principais sistemas operacionais do mercado, confira os cursos recomendados a seguir. E para saber quanto cobrar por seus serviços, leia nossa série de artigos chamada "Quanto Cobrar" e garanta a saúde financeira de seu negócio.

Cursos e aulas recomendadas:

Remoção de vírus

Esta dor de cabeça afeta muitos usuários, alguns por inexperiência e outros por ignorância, mas o fato é que todo dia milhares de novos malwares são criados e milhares de computadores infectados. O técnico que não souber fazer uma boa remoção de vírus hoje não merece ser chamado de técnico.

Muitos "técnicos" costumam formatar qualquer PC que esteja infectado, não sei se por preguiça de aprender ou por ignorância sobre o fato. Já fazem alguns anos que eu não preciso mais formatar PC infectado, graças a muito estudo e dedicação em aprender o comportamento dos vírus e maneira de identificar e remover os mesmos.

O procedimento de desinfecção é demorado, mas você pode ir fazendo outras tarefas intercaladas, logo, enquanto estiver fazendo uma remoção de vírus, pode tranquilamente ir formatando outro PC em paralelo, para quem não sabe isso chama-se produtividade.

Curso recomendado:

Limpeza e Otimização

Esta é a tarefa que todo usuário deveria fazer regularmente no seu PC mas não faz, em consequência o lixo se acumula em pastas de arquivos temporários deixando o computador lento e fragmentado. Sua tarefa como técnico é convencer e provar para seu cliente que fazendo otimização o PC vai ficar melhor, mais rápido e confiável, atendendo melhor as expectativas de quem usá-lo.

Além da limpeza lógica, temos também a limpeza física, que consiste em tirar o pó, trocar pasta térmica, organizar a fiação interna e limpar placas com spray de limpa contato. Este procedimento é fundamental para prolongar a vida útil de qualquer computador.

Veja alguns posts sobre esse assunto que recomendamos que você leia:

Leitura recomendada:

Contratos de manutenção

Este é um item que praticamente todos os técnicos deixam de lado, não sei se por desconhecer ou por falta de criatividade, mas fazer contratos de manutenção é uma ótima maneira de ganhar dinheiro. Essa dica se aplica principalmente para empresas, mas pode ser adaptada para pessoas físicas também, basta ser criativo e dedicado.

Empresas não gostam de "se incomodar" com computadores, logo pagam para que alguém cuide deste assunto. Fazendo um contrato, você deve definir um valor e um tempo de serviço mensal por aquele valor, suponhamos que seja R$ 100,00 para quatro horas (meio dia) mensais de manutenção.

Neste caso, uma vez por mês você deve ir até a empresa para fazer limpeza, otimização e melhoria nas máquinas. Irá dar trabalho nos primeiros meses até que você tenha feito manutenção uma vez em cada PC, depois é só ir mantendo tudo em ordem e com o passar do tempo o serviço vai diminuindo, porém o valor pago continua sendo o mesmo.

É importante ter um contrato escrito, onde ambas as partes assinem e concordem com valores, horas e demais pormenores. Procure fazer contratos com duração de um ano, e vá renovando os mesmos conforme for necessário, depois de firmado o primeiro contrato com a empresa é uma questão de negociação para renovar o mesmo.

Curso recomendado:

Consultoria para empresas

Esta tarefa é um pouco mais complexa e exige um conhecimento maior por parte do técnico, basicamente a tarefa de um consultor é sugerir mudanças e melhorias dentro de sua área de atuação. No caso de manutenção, verificar o que é melhor para a empresa em questão de equipamentos, softwares e soluções, agilizando ao máximo o trabalho dos funcionários.

Em resumo a tarefa do consultor técnico seria verificar os equipamentos para ver se necessitam de algum upgrade de hardware ou update de software, procurar soluções que melhorem o dia a dia da empresa, fazendo a mesma ter mais produtividade e gastar menos com manutenção e assim por diante.

Neste caso não temos um valor fixo, e deve-se negociar com o empresário sobre valores e serviços prestados. Sugiro fazer um bom contrato que deixe bem claro os deveres e obrigações de cada parte. Para fazer uma boa consultoria você precisa conhecer o ramo de atividade da empresa e as necessidades tecnológicas da mesma, caso contrário seu trabalho pode não surtir efeito positivo e sua reputação ficará manchada.

Leitura recomendada:

Conclusão

Como vimos neste post, é possível ganhar dinheiro com manutenção de computadores, basta ter empenho, dedicação e criatividade. Estas foram minhas dicas para quem está ingressando no mundo do TI como técnico em manutenção, espero que elas sejam de grande valia para sua nova profissão.

E você, gostou das dicas? Foram úteis para você? Que tal deixar um comentário com sua opinião ou sugestão?

Sobre o autor

Ricardo Bernardi

Sou técnico em hardware e desenvolvedor web, e sobre estes dois assuntos comecei a compartilhar aulas e artigos, tornando-me blogueiro em 2008. Em 2010 esse hobby virou profissão, e desde então tenho buscado melhorar e profissionalizar cada vez mais os projetos que mantenho na web.

Comentários

Atualmente temos 74 comentários para este post. Participe você também, clique aqui e comente sobre o assunto.

  • alexandre comentou em

    muito bom o post, So uma ressalva , remoçao de virus e perda de tempo e dinheiro no bolso o bom e formatar zero assim elimina muita dor de cabeça , e isso nao ignorancia nem preguisa trabalho com recuperaçao de dados e nao se engane que pode limpar a maquina 100% nao ha como dependendo do usuario so limpa 50% com sorte, o resto fica no hd gravado nos dados so esperando o gatilho pra voltar e enfectar a maquina somente virus de navegador pode ser tirado 100% o resto fica e mesmo com anti-virus ativo nao tira 100% o bom e formatar zero que limpa o hd e logo colocar um bom anti virus recomendo o kasperky e o melhor elimina 100% dos virus desde que seja o primeiro programa a ser instalado na maquina sempre . bom trabalho a mais de 15 anos com informatica entao cada caso e um caso e depende do cliente e quanto pagara se for empresa vai ficar a semaa toda tentando tirar o virus e botar a maquina redonda sera que vale a pena o risco , nao sei eu zero e mostro pra ele e deixo bem claro que daqui pra frente e com ele . pois certamente nao voltarei pelo mesmo motivo

    Responder
  • Amanda Martins comentou em

    queria saber ,com uma pessoal nessa aerea que trabalha em casa, com o publico de bairro, pode achar um jeito de nao receber "calote ",
    ja tentei pagar a metade no inicio e o restante quando entregar o computador e ainda assim nao da certo ,e nao tenho maquina de cartão , acho que seria uma alternativa boa, mas nao é viavel pra mim agora , queria uma ajuda

    Responder
    • Rafael Bruno comentou em

      Se o cliente não querer efetuar o pagamento como combinado, você não devolve o equipamento ate o mesmo cumprir a obrigação dele.

      Responder
  • Dario Vitoriano comentou em

    Ricardo, sobre os contratos de manutenção, isso muito me interessa. Já tenho cerca de 3 anos de experiência com manutenção e desejo expandir oferecendo prestação de serviços.
    Você recomendou fazer contratos de pelo menos 1 ano. Certo! Minha pergunta é: Eu tenho em mente nas visitas para prospectar clientes, ofertar 3 planos de serviços, sendo o básico (3 meses - para clientes que de repente não queiram firmar por longo tempo, mas o atendimento tem suas restrições), o profissional (6 meses - para clientes que desejam ter atendimento mais priorizado) e o VIP (12 meses - voltado para clientes que desejem serem atendidos com urgência). Os planos profissional e VIP tem seus diferenciais do básico, inclusive um cd com vídeos de orientações para problemas de baixa complexidade, de modo que nem eu nem o cliente percam o tempo em reparos considerados simples.

    De acordo com sua experiência e visão, o que me diz?

    Grato desde já.

    Responder
  • murilosouza comentou em

    Oi Boa noite, Gostaria de saber da minha seguinte, duvida. Eu fiz um curso no Senac de 1 més e pouco, aprendi muitas coisas, meu curso era de 50h todos dias da semana, eu queria saber se consigo seguir nesse mercado, pois sempre fui apaixonado, e em qual cargo atuar, eu sei que preciso estudar mais, mas quero começar em algo simples, para conseguir condições financeiras para pagar um curso de 18 meses ou melhor o técnico

    nome do meu curso era de *Manutenção e Configuração de computadores*

    Responder
  • As dicas são espetaculares!
    Estamos mesmo precisando de mais técnicos nessas áreas, com qualificação suficiente para tender os usuários.
    Existem cursos presenciais, em DVDs e Online que podem transformar um interessado num técnico apto a resolver defeitos, problemas, enfim quaqluer coisa em impressoras, computadores e Notebooks!!!
    Amigos leiam! Estudem se atualizem!

    Responder
  • jucivaldocosta comentou em

    Olá Ricardo! Sou aluno de TI da REDE CNI mais ainda estou no início e ainda não cheguei neste módulo... Estou bastante ancioso para começar. Gastaria de saber mais sobre Contratos de manutenção. Um abraço!

    Responder
  • Denise comentou em

    Boa tarde.
    Me interessei pela área há pouco tempo, então já que você é um profissional, gostaria de saber de precisar.. digamos assim.. "Ter algo especial" para ir bem na profissão? Quero saber se qualquer interessado poderia aprender a fazer o trabalho de um técnico? Por que existem pessoas que aprendem em casa, que levam jeito, que tudo na informática é fácil, eu não sou assim, por isso a minha dúvida.
    Desde já agradeço.

    Responder
  • Betto comentou em

    Seu site é fantástico, estou aprendendo coisas incriveis a cada leitura, obrigado por compartilhar.

    Responder
  • Yuri Sousa comentou em

    Muito bom o artigo.
    Tenho uma dúvida: Eu não tenho curso tecnico, somente profissionalizante (18 meses) mas sou autodidata tudo que tem nesse artigo eu sei fazer venho fazendo manutenção a 3 anos em Pcs.
    Vale a pena adquirir um cnpj simples e abrir um espaço para realizar manutenção ou seria melhor cursar um técnico antes?

    Responder
  • Diego Silva comentou em

    Grandes dicas.
    Sou estudante de analista de suporte técnico pelo curso adv aqui no Rio, acredito que o mercado é bastante aberto e flexível, tudo depende apenas da dedicação e preparação do profissional.

    Responder
    • Pedro comentou em

      Que legal Diego ! Estou querendo fazer um curso de Suporte Técnico também. Disseram que no mercado de trabalho, existem várias oportunidades quanto a este curso. Indicaram-me o curso adv.

      Responder
  • tiago lima comentou em

    eu gostaria de sabe se eu construir um espaço e se precisa legaliza ?! espero a resposta.
    gostei muito das suas dicas valeu

    Responder
  • Tecnologo comentou em

    Boa tarde amigo, gostaria de saber quanto cobrar em um contrato de serviço, se por estações ou por rede em geral ou se tem algum valor fixo!!!

    Obrigado

    Responder
  • thiago souza comentou em

    boa tarde, estou cursando tecnico em hardware, e gostaria de saber, se essa profissão , pode alçancar um cargo bem reconhecido no mercado de trabalho, li o site e vi, que tudo também depende muito, do desenpenho e dedicação do tecnico, mais gostaria de saber, se com todos esses conhecimentos e dedicação, podemos manter uma boa renda e abrir negocios proprios, como lojas de informatica e etc....
    fico no aguardo obrigado.......

    Responder
  • tecinfopablo comentou em

    Olá, Ricardo! Tudo em Paz? O que você diria sobre trabalhar com manutenção em parceria... O meu caso é o seguinte, fui convidado por um cara aqui que tem um provedor de internet a rádio para trabalhar com manutenção para os clientes dele. Aí ele sugeriu assim, de modo informal eu entraria com o meu trabalho e ele cederia um espaço na Lan House dele, que fica em avenida principal aqui na cidade, para utilizar a internet de lá, a energia claro, e ele também ficaria responsável por comprar as ferramentas que precisassem, tipo álcool isopropílico, limpa contato, hd externo para backup, etc... Nesse caso, quanto você acha que seria uma divisão justa para dividirmos por serviço? Tipo, eu faço um serviço que custou 100 reais, quanto você acha que deveria ser a minha porcentagem? Tava pensando aqui comigo que talvez 60% meu e 40% para ele seria interessante, mais não sei realmente se este seria um valor justo nessas condições que lhe disse. Gostaria muito que você pudesse me dar sua opinião, pois daqui uns dias vou dar à ele minha proposta. Agradeço desde já!

    Responder
  • wagner comentou em

    muito boa essas dicas. Já sou técnico formado e até hoje nunca exerci a profissão, mas com essas dicas já estou mas empolgado e estou até pensando em começar meu própio negócio
    vlw.

    Responder
  • Leandro comentou em

    Minhas saudações a todos. A questão da formatação do pc como primeira opção no caso de vírus, acredito ser particular ao trabalho de cada um. Sou um destes que formata sempre que possível, pois acredito que entre dedicar horas seguidas (mesmo que intercaladas) a um pc, ou aplicar um procedimento padrão 100% garantido, sou mais a segunda opção. Acho difícil, senão impossível dar garantias em uma remoção de vírus em que eu aposte o meu pescoço a um preço inferior ao de uma formatação (mesmo tendo que reparar backup e softwares). Pense em quantas DLL's, definições de ambiente, definições de segurança do S.O., sem contar os vícios do próprio usuário que em alguns casos pode voltar "argumentando: será que a remoção foi bem feita?" Vejo essa alternativa viável em casos de servidores e workstations em que mexer no ambiente significa prejuízo real. Caso contrário, penso ser mais "custo benefício" oferecer uma instalação stardart segura, atualizada, zerada e a preço razoável.

    Responder
  • fabiano comentou em

    eu falo isso por experiencia propria de 14 anos na area de informatica, a questão é na hora de cobrar a manutenção do computador, o cliente acha caro uma formatação de R$ 35,00
    por exemplo! pra quem esta começando, a dica é saber negociar, pq se cobra caro as vezes o cliente não faz o serviço, se vc cobra barato desvaloriza a profissão!
    ai vai de cada tecnico! parabens pelo site e boa sorte

    Responder
    • Se você é bom no que faz, quem define o valor do teu serviço é você e não o cliente.
      Quando um cliente me pergunta quanto é a formatação, eu respondo R$ 80,00. Daí ele fala: mas o fulano faz por R$ 50,00
      Então eu digo e até incentivo: então leva o PC para o fulano fazer, pois meu preço é R$ 80,00. Nunca se trabalha preço quando você é um bom profissional.

      Responder
  • JORGE ARROTHEIA JUNIOR comentou em

    Legal muito bom, as sua dicas são simples e fundamentais para quem quer iniciar na area de informatica.
    Parabens!!!!

    Responder
  • wilsonsvicentaju comentou em

    Eu sou iniciante, fiz o curso de Manutenção de Computadores e outro curso de Redes e Conectividades e Redes sem fio no SENAC de Aracaju-SE, repetir estes mesmos cursos no Colégio Microlins de Aracaju-SE, agora estou fazendo o curso de Note-book na Microlins inicio das aulas 05/01/2013 previsão do termino mês 04/2013.
    Agora graças a DEUS, pesquisando um assunto do Colégio pela Internet e descobrir RBTech.info, gostei dos assuntos, me tornei um assinante premuim, eu tenho para mim como se fosse um milagre de DEUS, porque com as dúvidas que sai dos Colégios eu pesquisava na Internet ou através dos colegas mais ainda fivam algumas duvidas sobre TI.
    Eu sou sapateiro tenho 52 anos estou cançado, agora com o conhecimento que eu adquirir nos Colégios e a ajuda de RBTech e com a ajuda de DEUS estou pensando em montar um laboratório de Informática. Abraços Wilson

    Responder
  • yuri comentou em

    olá gostei muito desse post. Gosto muito da área tecnológica, mas tenho apenas 13 anos. Entendo muito de informatica, sei formatar, limpeza, removeção de virús e tudo mais. Você acha que eu consigo iniciar uma carreira de TI?
    e minha mãe tbm está investindo muito em mim.
    o que você acha?

    Responder
  • Edson comentou em

    Muito bom, pois estou ingressando no ramo e deixou bem claro
    os prós e contras da profissão. Agora é só colocar em prática.

    Desde já agradeço.

    Responder
  • Diego Gomes comentou em

    olha realmente seu post é o melhor que ja encontrei,pois vc esclarece muito bem tudo aquilo q um tecnico de pc precisa saber,valeu pelas dicas!!

    Responder
  • Néverton comentou em

    Muito bom,gostei das dicas,estou começando nesta área e é bom saber alguns ¨toques¨. Obrigado!

    Responder
  • Rodrigo comentou em

    Estou entrando na área de manutenção e tenho uma grande dúvida!
    Quando é realizada a formatação, posteriormente o Windows precisa ser ativado. Pelo o que eu tenho em mente os técnicos não fazem ativação com um serial obtido de forma legal. Mas acho que isso pode se tornar perigoso quando o cliente tem conhecimento ou caso você realize o serviço em uma empresa, onde ela pode ser vítima de fiscalização.

    Como você faz ativação do Windows de seus clientes (pessoa física/empresa) e como recomenda que isso seja feito, pois tenho receio de qualquer dia a PF bater na porta da minha casa me acusando de pirataria de software. Obrigado desde já!

    Responder
    • Leandro comentou em

      Acho pouco provável que isso de fato ocorra, mas uma coisa interessante a fazer para se proteger é jogar limpo com o cliente. Há distros Linux tão usáveis quanto windows hoje em dia e dar opção para o cliente vai isentar vc de responsabilidades. Um termo de responsabilidade por exemplo pode resolver em partes. Não podemos ignorar que cerca de 90% dos nossos clientes usam pirata, e se assim o fazem, ao menos que façam sabendo da responsabilidade que assumem.

      Responder
      • Osnaldo comentou em

        Legal, Leandro!

        Acredito nessa forma de trabalho, de joga limpo com o cliente e, nisso, atuar como esclarecedor.
        Mas não se deve confiar muito nessa de ser pouco provável o efeito de uma fiscalização, até porque a punição vai muito mais além de uma pesada multa sobe o valor do Windows, envolve prisão.
        Quanto ao temo de responsabilidade, acho que é apenas uma tentatitva, pois a Lei de Direitos Autorais não deixa essa "margem" de segurança.
        Também acredito que exatamente por 90% dos clientes usarem pirata, às vezes sem saber, que se gera tanto público para resolução de problemas! Claro, devem saber do risco, mas me pergunto se não seria o caso de além de alertar, sugerir a incorporação de um SO original ou livre, como o Ubuntu.
        Acredito que para a grande maioria dos usuários não faz muita diferença se é Windows ou Linux. Fiz essa experiência prática com meu pai, que acabou comprando um netbook com Mandriva Linux, que tem um visual extremamente parecido com o Windows.

        Responder
  • Josias Godoy comentou em

    Muito interessante esse artigo! Vocês estão de parabéns! Realmente se dedicando ao assunto é possível se organizar de forma a ganhar em produtividade e também receber o reconhecimento do seu trabalho e cada vez mais clientes.

    Responder
  • Gildemberg comentou em

    Adorei as dicas Ricardo, muito objetivas e bem explicativas, muito bom para quem esta precisando de uma renda, ou mesmo arranjar um trabalho.

    Responder
  • Francisco Araújo comentou em

    Parabéns, Ricardo Bernardi. Temos uma loja de vestuário e sempre trabalhei com manutenção em casa, agora estamos começando a fazer as manutenções na loja. Achei de grande importância este post. Muito interessante o assunto sobre os contratos.

    Responder
  • iThiiago comentou em

    Muito bom
    sempre acreditei que daria para se manter bem com um técnico apesar de muitos não acharem.estou começando agora e suas dicas vem mim ajudando bastante.

    Responder
  • Leonardo comentou em

    Olá Ricardo esse post me esclareçeu algumas coisas são elas a Remoção de vírus e Contraro de manutenção, pois neu nunca tinha pensado na questão de contrato, muito obrigado por ter feito esse post e Parabéns.

    Responder
  • Evandro Pagine comentou em

    Show essas dicas Ricardo.
    Faz algum tempo que abri uma assistencia de computadores e sempre confiro as novidades que tem na rbtech, muita coisa me foi util e continua aparecendo mais coisas interessantes.
    Parabens cara

    Responder
  • Augusto comentou em

    Muito bom esse artigo, gostaria de saber se eu por exemplo fosse ativar o windows de alguém eu poderia cobrar?

    Responder
    • Todo e qualquer serviço prestado deve ser cobrado. Se você for até a casa do cliente e chegando lá o PC está funcionando deverá cobrar o deslocamento de qualquer forma, pois neste tempo poderia ter ido atender outro cliente.

      Responder
  • Alex comentou em

    Eu vivo disto. E uma coisa que tenho como diferencial é a responsabilidade, como backup antes de formatar a maquina, documentar a solicitação do cliente com assinatura dele (quais pastas necessitam de backup, porque da formatação, deixar tudo esclarecido antes de começar a mexer - muitos "técnicos" formatam a maquina sem ao menos perguntar ao cliente se pode...), atualizações de SO, antivirus, softwares, etc...

    Responder

Deixe seu comentário